OFERTA FORMATIVA

Ref. 271_1 Inscrições abertas até 30-05-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 24/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 03-06-2024

Fim: 17-06-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária São Pedro

Formador

Carla Maria Vaz Louro

Sandra Isabel Monteiro Costa Pinto

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

A presente ação de cursa duração, visa dar a conhecer aos professores a plataforma ESEP/eTwinning como nova ferramenta que otimiza o trabalho colaborativo resultante do novo paradigma da autonomia e flexibilidade curricular emanada do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho. A utilização desta ferramenta em sala de aula, tem em vista a construção e aplicação de cenários de aprendizagem que promovam a investigação, a criatividade e o trabalho colaborativo dos alunos e se constituam como uma mais-valia do processo de ensino-aprendizagem, respondendo aos projetos de cada uma das Escolas/Agrupamentos de Escolas que visam promover o sucesso da prática letiva, desafiando a pedagogia tradicional quanto aos modos de funcionamento da escola e da sua relação com a comunidade.

Objetivos

Melhorar as práticas pedagógicas, adotando métodos e técnicas inovadoras com o recurso à participação em projetos eTwinning; Traduzir os benefícios da tecnologia em reais mudanças de práticas pedagógicas e aumento significativo da qualidade e eficiência do ensino; Promover práticas de trabalho colaborativo numa perspetiva de educação universal para todos; Explorar o portal eTwinning e todas as suas potencialidades promovendo a aquisição de conhecimentos para pesquisar e encontrar parceiros para desenvolver projetos à distância recorrendo às tecnologias de informação e comunicação;

Conteúdos

i. Introdução – pertinência da ação; ii. Escola eTwinning iii. Portal eTwinning; iv. Projetos etwinning;

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 03-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
2 17-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial

INSCREVER-ME

Ref. 153T5-M. Frio Inscrições abertas até 17-06-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-113512/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 19-06-2024

Fim: 21-06-2024

Regime: Presencial

Local: Agrup. de Escolas Prof. António da Natividade - Mesão Frio

Formador

Maria de Lurdes Fonseca Loureiro

Maria do Céu dos Santos Silva

Destinatários

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores da Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores da Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

['Verifica-se que a grande maioria do pessoal docente não está preparado para lidar com este tipo\r\nde ocorrências, desconhecendo muitas vezes como prestar devidamente os primeiros socorros.\r\nPreparar tecnicamente este pessoal para um atendimento mais imediato e eficaz de uma criança\r\nacidentada na escola ou vítima de doença súbita, através da aquisição de conhecimentos na área\r\nde primeiros socorros é por isso deveras importante.\r\nDeverão então os professores estar preparados para prestar os primeiros socorros na escola, não\r\ndescorando também a necessidade de estarem alerta para as condições e fatores de prevenção\r\ndos mesmos e assim adquirir uma cultura de segurança para a qual se deve estar']

Objetivos

['\x95 Adquirir conhecimentos na área de Primeiros Socorros;\r\n\x95 Promover a segurança, de modo a prevenir os acidente s;\r\n\x95 Desenvolver competências de resposta a situações de acidente e/ou doença súbita.']

Conteúdos

1 \x96 SISTEMA INTEGR ADO DE EMERGÊNCIA MÉDICA\r\nTempo: 30\x92\r\n2 \x96 PRINCI PIOS GERAIS DO SOCORRISMO E PLANO DE ACÇÃO DO SOCORRISTA\r\nTempo: 60\x92\r\n3 \x96 SUPOR TE BÁSICO DE VIDA\r\nTempo: 180\x92\r\n4 \x96 ASFIXIA : ALGORITMO DE DESOBSTRUÇÃO DA VIA AÉREA\r\nTempo: 30\x92\r\n5 \x96 CHOQU E: CAUSAS E PRIMEIRO SOCORRO\r\nTempo: 30\x92\r\n6 \x96 HEMOR RAGIAS, FERIDAS E QUEIMADURAS\r\nTempo: 90\x92\r\n7 \x96 INTOXI CAÇÕES E PICADAS DE INSETOS\r\nTempo: 60\x92\r\n8 \x96 ACIDEN TES COM ELECTRICIDADE\r\nTempo: 30\x92\r\n9 \x96 LESÕE S MUSCULARES, ARTICULARES E ÓSSEAS\r\nTempo: 90\x92\r\n10 \x96 ALTER AÇÕES DE CONHECIMENTO, DOENÇAS CRÓNICAS E AVC\r\nTempo: 60\r\n11- SEGUR ANÇA E BEM-ESTAR NAS ESCOLAS\r\nTempo: 60\x92\r\n12 - BANCA PRÁTICA DE AVALIAÇÃO\r\nTempo: 180\x92

Metodologias

['Aulas teórico-práticas, com recurso a m etodologias participativas.']

Avaliação

['Assiduidade e participação 40%\r\nTrabalho produzido 60%\r\nResposta a um questioná rio elaborado para o efeito e avaliação do desempenho na banca prática.\r\nOs formandos serão avaliados utilizando a tabela de 0 a 10 valores, conforme indicado na Carta Ci rcular\r\nCCPFC \x96 3/2007 \x96 Setembro de 2007, utilizando os parâmetros de avaliação.']

Bibliografia

üINEM (2012). Emergências médicas: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108171804724961.pdfüINEM (2012).Abordagem á vitima: Manual TAS/TAT. Instituto Nacional de Emergência Médica.http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108170327548015.pdfüINEM (2012). Emergências Trauma: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/2014010817232160071.pdfüINEM (2012). Normas e emergências pediátricas e obstétricas: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108172029436503.pdfüINEM (2013). SIEM: Sistema Integrado de Emergência Médica. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108162916460041.pdf


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 19-06-2024 (Quarta-feira) 16:00 - 21:00 5:00 Presencial
2 20-06-2024 (Quinta-feira) 16:00 - 21:00 5:00 Presencial
3 21-06-2024 (Sexta-feira) 16:00 - 21:00 5:00 Presencial

INSCREVER-ME

Ref. 255T1 Inscrições abertas até 14-06-2024 INSCREVER-ME

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 17/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 20-06-2024

Fim: 27-06-2024

Regime: Presencial

Local: Agrup. Escolas Professor António da Natividade, Mesão Frio

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, pode relevar na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação de Associação de Escolas de Vila Real / Agrupamento de Escolas Professor António da Natividade

Enquadramento

O atual contexto das políticas públicas no âmbito da educação inclusiva coloca desafios importantes às escolas, às equipas educativas e aos profissionais nos domínios organizacionais e das práticas educativas. A presente Ação de Curta Duração (ACD) visa responder a necessidades de capacitação dos profissionais, das equipas educativas e das escolas no desenvolvimento de práticas mais inclusivas.

Objetivos

• Apresentar os documentos legislativos (Decreto-Lei n.º 54/2018, Decreto-Lei n.º 55/2018, Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, Aprendizagens Essenciais) e de apoio à prática letiva de forma integrada, identificando implicações para a organização de práticas mais inclusivas; • Aplicar colaborativamente os princípios subjacentes ao Desenho Universal para a Aprendizagem (DUA) e à abordagem multinível; • Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e a diversidade de todos alunos; • Consolidar o conhecimento sobre os modelos de enquadramento à operacionalização da educação inclusiva nas suas características essenciais; • Planear com intencionalidade estratégica, organizando a dinâmica pedagógica, conciliando as aprendizagens a desenvolver e as características de todos alunos (DUA); • Promover o debate e a partilha entre os participantes para consolidar a aprendizagem cooperativa e a articulação entre diferentes áreas do saber; • Enquadrar e refletir sobre as medidas de suporte à aprendizagem e inclusão., nomeadamente as medidas universais.

Conteúdos

• Ambientes educativos inclusivos opções metodológicas; • Práticas de ensino e intervenção diferenciadas, em função do perfil de competências dos alunos; • Estratégias de antecipação da diversidade em sala de aula, com recurso a ambientes de aprendizagem flexíveis e centrados no aluno (DUA); • Valorização da diversidade em sala de aula – partilha de recursos; • Uma abordagem “escola toda” com trabalho cooperativo entre diferentes atores: envolvimento de todos os membros da comunidade escolar: lideranças de topo, lideranças intermédias, pessoal docente e não docente, alunos, pais e famílias; • Envolvimento da família na tomada de decisões e no processo de aprendizagem.

Metodologias

A metodologia da ação de curta duração é de cariz teórico-prática, com suporte audiovisual, propondo-se dinâmicas que visam encorajar o envolvimento dos participantes, com metodologias de ensino-aprendizagem ativas em atividades de aprendizagem, partilha e reflexão sobre a temática, pois “Tudo parece impossível até que seja feito” (Nelson Mandela).

Anexo(s)


Observações

Nova data a Agendar

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 20-06-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
2 27-06-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial

INSCREVER-ME

Ref. 263_Turma 1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-126276/24

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 20-05-2024

Fim: 08-07-2024

Regime: b-learning

Local: Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus / On-line

Formador

José Edgar Sousa Guerra

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, pode relevar na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A presente ação, visa dotar os professores e alunos de novas ferramentas que otimizem o trabalho colaborativo resultante do novo paradigma da autonomia e flexibilidade curricular emanada do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho. A utilização destas tecnologias em sala de aula, tem em vista a construção e aplicação de cenários de aprendizagem que promovam a investigação, a criatividade e o trabalho colaborativo dos alunos e se constituam como uma mais-valia do processo de ensino-aprendizagem, respondendo aos projetos dos Agrupamentos de Escolas que conceberam planos de ação estratégica com vista à melhoria do sucesso escolar, desafiando a pedagogia tradicional quanto aos modos de funcionamento da escola e da sua relação com a comunidade. Pretende-se dotar os docentes com conhecimentos para apoio ao planeamento e execução na modalidade do ensino misto e não presencial, apresentando tecnologias educativas que os possam auxiliar na sua ação pedagógica.

Objetivos

- Executar procedimentos subjacentes à criação de um ambiente de trabalho para o ensino misto e não presencial; - Trabalhar com tecnologias educativas com vista à promoção do sucesso escolar; - Promover a utilização de estratégias de aprendizagem ativa com recurso às tecnologias com o objetivo de incrementar o envolvimento dos alunos e a qualidade das aprendizagens. - Implementar novas práticas colaborativas no âmbito da flexibilização curricular; - Contribuir para uma mudança na organização e nos métodos pedagógicos na sala de aula; - Fomentar o trabalho em rede com recurso a ferramentas digitais; - Construir, testar e partilhar novos materiais pedagógicos utilizando ferramentas digitais em contexto de sala de aula;

Conteúdos

Módulo 1 (3h): Apresentação do formador, dos formandos e da oficina de formação: objetivos, conteúdos, avaliação e cronograma, conceito de plataforma, aplicação e ferramenta digital de ensino, aprendizagem e avaliação, acesso à aplicação Googe Drive, expetativas dos formandos na formação com recurso à ferramenta Mentimeter, exploração da ferramenta Mentimeter, construção do Portefólio Individual / diário da formação com a ferramenta Padlet, exploração da ferramenta Padlet, apresentação da plataforma Google Workspace e suas potencialidades educativas. Módulo 2 (5h): Exploração técnica e pedagógica do LMS Google Workspace: atividade, correio eletrónico, grupos, tarefas, calendário, partilhas, aplicações, descarregar a aplicação Google Drive para o ambiente de trabalho do computador, discos partilhados, acesso a ficheiros off-line. Módulo 3 (5h): Exploração das aplicações do Google Workspace para o ensino e aprendizagem: Gmail, Calendar, Google Drive, Google Sites, Google Meet. Módulo 4 (5h): Exploração das aplicações do Google Workspace para a avaliação pedagógica: Google Docs, Google Sheets, Slides, Google Forms (formulários e questionários), Classroom. Módulo 5 (3h): Exploração do Gemini (AI da Google) no processo de ensino/aprendizagem. Módulo 6 (4h): Realização da seguinte atividade no Portefólio Individual: levantamento das plataformas, aplicações e ferramentas digitais de formação e ensino-aprendizagem abordadas na formação e reflexão sobre as respetivas vantagens e desvantagens no âmbito da sua aplicação em contexto educativo. Apresentação do Portefólio individual produzido pelos formandos no decorrer da formação. Avaliação da ação, orientações para elaborar a reflexão crítica e arquivo de documentação na aplicação Google Drive.

Metodologias

Presencial: Nas sessões presenciais/síncronas online de trabalho conjunto, serão apresentados os conteúdos de referência através de: - uma componente mais teórica que adotará uma metodologia mais expositiva, centrada na transmissão de conteúdos, e uma metodologia demonstrativa e interrogativa, assumindo uma abordagem dialógica e de interação entre formador e formandos; - uma componente prática que irá privilegiar uma dinâmica ativa, centrada na simulação e metodologia de aprendizagem por execução de tarefas. Autónomo: Nas sessões de trabalho autónomo, os formandos, individualmente, deverão: -planificar e experimentar atividades e construir recursos, tendo em vista a sua aplicação com os alunos em contexto curricular e educativo, utilizando as ferramentas exploradas nas sessões conjuntas; -refletir criticamente sobre a aplicação prática e interesse educativo das possibilidade do desenvolvimento da aprendizagem ativa com os seus alunos.

Avaliação

A avaliação traduz-se numa classificação final quantitativa, na escala de 1 a 10, expressa através do referencial de menções qualitativas previstas no nº 2 do artigo 46º do ECD e de acordo com a Carta Circular CCPFC-3/2007. A aprovação no curso dependerá da obtenção de classificação igual ou superior a 5 valores e da frequência mínima de 2/3 do total de horas da ação. Avaliação contínua baseada nos dois itens gerais: - 25% (participação); - 75% (trabalho produzido).

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 20-05-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 28-05-2024 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 03-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 11-06-2024 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 17-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 24-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 01-07-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 22:30 4:00 Presencial
8 08-07-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 22:30 4:00 Online síncrona

Ref. 263_Turma 2 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-126276/24

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 17-05-2024

Fim: 28-06-2024

Regime: b-learning

Local: Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus / On-line

Formador

José Edgar Sousa Guerra

Diógenes de Oliveira Soeiro

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, pode relevar na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A presente ação, visa dotar os professores e alunos de novas ferramentas que otimizem o trabalho colaborativo resultante do novo paradigma da autonomia e flexibilidade curricular emanada do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho. A utilização destas tecnologias em sala de aula, tem em vista a construção e aplicação de cenários de aprendizagem que promovam a investigação, a criatividade e o trabalho colaborativo dos alunos e se constituam como uma mais-valia do processo de ensino-aprendizagem, respondendo aos projetos dos Agrupamentos de Escolas que conceberam planos de ação estratégica com vista à melhoria do sucesso escolar, desafiando a pedagogia tradicional quanto aos modos de funcionamento da escola e da sua relação com a comunidade. Pretende-se dotar os docentes com conhecimentos para apoio ao planeamento e execução na modalidade do ensino misto e não presencial, apresentando tecnologias educativas que os possam auxiliar na sua ação pedagógica.

Objetivos

- Executar procedimentos subjacentes à criação de um ambiente de trabalho para o ensino misto e não presencial; - Trabalhar com tecnologias educativas com vista à promoção do sucesso escolar; - Promover a utilização de estratégias de aprendizagem ativa com recurso às tecnologias com o objetivo de incrementar o envolvimento dos alunos e a qualidade das aprendizagens. - Implementar novas práticas colaborativas no âmbito da flexibilização curricular; - Contribuir para uma mudança na organização e nos métodos pedagógicos na sala de aula; - Fomentar o trabalho em rede com recurso a ferramentas digitais; - Construir, testar e partilhar novos materiais pedagógicos utilizando ferramentas digitais em contexto de sala de aula;

Conteúdos

Módulo 1 (3h): Apresentação do formador, dos formandos e da oficina de formação: objetivos, conteúdos, avaliação e cronograma, conceito de plataforma, aplicação e ferramenta digital de ensino, aprendizagem e avaliação, acesso à aplicação Googe Drive, expetativas dos formandos na formação com recurso à ferramenta Mentimeter, exploração da ferramenta Mentimeter, construção do Portefólio Individual / diário da formação com a ferramenta Padlet, exploração da ferramenta Padlet, apresentação da plataforma Google Workspace e suas potencialidades educativas. Módulo 2 (5h): Exploração técnica e pedagógica do LMS Google Workspace: atividade, correio eletrónico, grupos, tarefas, calendário, partilhas, aplicações, descarregar a aplicação Google Drive para o ambiente de trabalho do computador, discos partilhados, acesso a ficheiros off-line. Módulo 3 (5h): Exploração das aplicações do Google Workspace para o ensino e aprendizagem: Gmail, Calendar, Google Drive, Google Sites, Google Meet. Módulo 4 (5h): Exploração das aplicações do Google Workspace para a avaliação pedagógica: Google Docs, Google Sheets, Slides, Google Forms (formulários e questionários), Classroom. Módulo 5 (3h): Exploração do Gemini (AI da Google) no processo de ensino/aprendizagem. Módulo 6 (4h): Realização da seguinte atividade no Portefólio Individual: levantamento das plataformas, aplicações e ferramentas digitais de formação e ensino-aprendizagem abordadas na formação e reflexão sobre as respetivas vantagens e desvantagens no âmbito da sua aplicação em contexto educativo. Apresentação do Portefólio individual produzido pelos formandos no decorrer da formação. Avaliação da ação, orientações para elaborar a reflexão crítica e arquivo de documentação na aplicação Google Drive.

Metodologias

Presencial: Nas sessões presenciais/síncronas online de trabalho conjunto, serão apresentados os conteúdos de referência através de: - uma componente mais teórica que adotará uma metodologia mais expositiva, centrada na transmissão de conteúdos, e uma metodologia demonstrativa e interrogativa, assumindo uma abordagem dialógica e de interação entre formador e formandos; - uma componente prática que irá privilegiar uma dinâmica ativa, centrada na simulação e metodologia de aprendizagem por execução de tarefas. Autónomo: Nas sessões de trabalho autónomo, os formandos, individualmente, deverão: -planificar e experimentar atividades e construir recursos, tendo em vista a sua aplicação com os alunos em contexto curricular e educativo, utilizando as ferramentas exploradas nas sessões conjuntas; -refletir criticamente sobre a aplicação prática e interesse educativo das possibilidade do desenvolvimento da aprendizagem ativa com os seus alunos.

Avaliação

A avaliação traduz-se numa classificação final quantitativa, na escala de 1 a 10, expressa através do referencial de menções qualitativas previstas no nº 2 do artigo 46º do ECD e de acordo com a Carta Circular CCPFC-3/2007. A aprovação no curso dependerá da obtenção de classificação igual ou superior a 5 valores e da frequência mínima de 2/3 do total de horas da ação. Avaliação contínua baseada nos dois itens gerais: - 25% (participação); - 75% (trabalho produzido).

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 17-05-2024 (Sexta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 22-05-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
3 29-05-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
4 05-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
5 12-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
6 19-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
7 26-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Online síncrona
8 28-06-2024 (Sexta-feira) 18:30 - 22:30 4:00 Online síncrona

Ref. 2681 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-121625/23

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 15-05-2024

Fim: 19-06-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Araújo Correia

Formador

Maria da Conceição Quinteira Pires

Destinatários

Professores dos grupos 200,210,220 e 300

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 200,210,220 e 300. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos grupos 200,210,220 e 300.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

Por um lado, trata-se de um domínio bastante relegado na aula de Português Língua Materna, onde quase não há lugar para a sua exploração mais sistemática, intencional e explícita. Esta atitude sustenta-se na perspetiva bastante divulgada de que as realizações orais são sempre espontâneas e informais, o que acaba por se traduzir a ausência de um estatuto autónomo no processo de ensino-aprendizagem, embora em articulação com os domínios da leitura, da escrita, da educação literária e da gramática. Este facto contraria o espaço reservado à dimensão oral quer nas Aprendizagens Essenciais, quer no “Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória”, que exigem estudo, treino, descrição, avaliação e correção, em contextos de aprendizagem oficinal/laboratorial. Assim, consideram-se necessários o desenvolvimento e a consolidação da competência de comunicação do aluno, nas suas várias componentes, propondo-se aos professores estratégias que levem ao aperfeiçoamento da competência de comunicação oral do aluno-indivíduo, através do domínio dos conteúdos processuais e declarativos, previsto nos documentos legais em vigor.

Objetivos

 promovam, na escola, uma verdadeira pedagogia da competência da oralidade na aula de Português Língua Materna, interessante para o aluno e para o professor;  procedam a uma mudança correta dos métodos da didática da oralidade na aula de Português Língua Materna; conheçam os processos diversificados de produção e de aperfeiçoamento de diversos géneros textuais orais previstos nas Aprendizagens Essenciais de Português Língua Materna do Ensino Básico e do Ensino Secundário;  produzam e partilhem sugestões de atividades a desenvolver no âmbito do treino da competência da oralidade, de acordo com o previsto nas Aprendizagens Essenciais de Português Língua Materna do Ensino Básico e do Ensino Secundário;  se sintam estimulados para a autoaprendizagem, pesquisa e a atualização permanente de conhecimentos científicos e de práticas pedagógicas;  desenvolvam a capacidade de utilização das TIC com vista à sua integração na conceção, planificação e dinamização de atividades pedagógicas na área curricular de língua portuguesa

Conteúdos

1. A competência da oralidade na aula de Português Língua Materna (Duração prevista: 2,5 horas) 1.1 Características específicas da compreensão oral e da produção oral 2. A competência da oralidade nas Aprendizagens Essenciais de Português Língua Materna do Ensino Básico e do Ensino Secundário (Duração prevista: 2,5 horas) 3. Propostas de dinamização e de avaliação da competência da oralidade na aula de Português Língua Materna do Ensino Básico e do Ensino Secundário (Duração prevista: 10 horas) 4. Apresentação dos trabalhos e reflexão conjunta sobre a consecução dos objetivos (Duração prevista: 10 horas)

Metodologias

1. Metodologias de caráter teórico-prático, com recurso a métodos ativos, discussão, debate e estudo de caso, em plenário, e resolução de tarefas propostas pela formadora, em grupo; 2. Elaboração de materiais pedagógicos e de avaliação para a oficina de oralidade – trabalho de grupo/ individual; 3. Divulgação e discussão, em plenário, dos trabalhos realizados quer em contexto de trabalho de grupo, quer em contexto de trabalho autónomo; 4. Avaliação do processo e do produto, em plenário. A . Planificação de uma oficina de oralidade para o ensino e a aprendizagem explícitos da competência da oralidade B . Produção de materiais pedagógicos de suporte às planificações desenhadas C . Construção de dispositivos de avaliação adequados a situações de desenvolvimento da competência da oralidade

Avaliação

 Participação na discussão que se favorece nas sessões presenciais (peso na avaliação: 30%)  Produção de materiais finais preparados para partilha (peso na avaliação: 50 %)  Elaboração de um relatório reflexivo sobre o conjunto das sessões da unidade de formação (peso na avaliação: 30%)

Bibliografia

• O perfil dos alunos à saída da escolaridade obrigatória (2018). Lisboa: Ministério da Educação. • Aprendizagens Essenciais de Português – do Ensino Básico e do Ensino Secundário • Silva, F.; Viegas, F.; Duarte, I. M.; Veloso, J. (2011). Oral. Guião de Implementação do Programa. Lisboa: Ministério da Educação, Direção-Geral de Inovação e de Desenvolvimento Curricular. • Coutinho, A. e Jorge, N. (coord.) (2019). Ensinar géneros de texto. Conteúdos, estratégias e materiais. Lisboa: Calameo. • Dolz, J.; Schneuwly, B. (2016). Pour un enseignement de l’oral. Initiation aux genres formels à l’école. Paris: ESF.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 15-05-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial
2 20-05-2024 (Segunda-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial
3 22-05-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial
4 29-05-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial
5 03-06-2024 (Segunda-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial
6 12-06-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial
7 17-06-2024 (Segunda-feira) 17:30 - 19:30 2:00 Presencial
8 19-06-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 19:30 2:00 Presencial

Ref. 177A5_7 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116947/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 14-05-2024

Fim: 28-06-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Morgado Mateus

Formador

Miguel Pedro Cardoso Madureira

Destinatários

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A ação de formação pretende melhorar os conhecimentos e a o modo de utilização da plataforma Office 365 institucional, promovendo a utilização de um conjunto de ferramentas que facilitam a organização do trabalho em ambiente escolar, bem como a interação entre professores e alunos.

Objetivos

Com esta ação de formação, pretende-se atingir os seguintes objetivos: - Promover uma melhor utilização de ferramentas de comunicação e organização dentro da comunidade escolar; - Aumentar o grau de utilização de Ferramentas de Edição, Partilha e Armazenamento; - Utilizar Ferramentas de Gestão e Monitorização de Tarefas; - Utilizar Ferramentas de Colaboração; - Conhecer outras ferramentas de colaboração, edição e comunicação.

Conteúdos

1. Introdução  Visão global do Office 365 Educação  Cenários de utilização: Gestão Administrativa vs Gestão Pedagógica 2.Ferramentas de Comunicação e Organização  Outlook – Correio, Calendário e Contactos 3. Ferramentas de Edição, Partilha e Armazenamento  Office Online – Edição de documentos em simultâneo  OneDrive – Armazenamento de ficheiros online  Sharepoint – Plataforma de gestão documental 4.Ferramentas de Gestão e Monitorização de Tarefas  Planner - Gestão de projetos e trabalho em equipa  ToDo – Gestão e organização do dia-a-dia  Tasks – Planeamento e calendarização de tarefas 5.Ferramentas de Colaboração  Microsoft Teams – Plataforma de gestão de equipas e turmas  OneNote – Bloco de notas partilhado  Yammer – Rede social da organização 6.Outras ferramentas de colaboração, edição e comunicação  Stream – Plataforma de vídeos da organização  Delve – Organização e partilha  Forms – Criação de formulários  Sway – Apresentações dinâmicas e interativas

Metodologias

As sessões são teórico-práticas com recurso a: - metodologia de aprendizagem por execução de tarefas, para a introdução de aplicações da plataforma; - metodologia da resolução de problemas, para a consolidação da utilização de aplicações.

Avaliação

Os formandos serão avaliados quantitativamente numa escala de 1 a 10 valores, tendo em consideração as orientações emanadas pelo Conselho Científico e Pedagógico da Formação Contínua de Professores e de acordo com os critérios definidos no Regulamento Interno do Centro de Formação, a saber: 40% para a participação e empenho; 60% para a realização de tarefas propostas nas sessões, incluindo uma reflexão crítica individual,

Bibliografia

Computação em Nuvem com o Office 365, Hélio Engholm Júnior, edições Novatec Editora [ISBN-13: 978-8575224250]OFFICE 2019-OFFICE 365: principales novidades, paso a paso, Rosario Peña Pérez, Editorial Altaria [ISBN-13: ISBN-13: 978-8494731976]


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 14-05-2024 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 22-05-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
3 29-05-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
4 05-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
5 12-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
6 19-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
7 26-06-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
8 03-07-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 22:30 4:00 Presencial

Ref. 176_Turma 5 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-115489/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 13-05-2024

Fim: 28-06-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Formador

Marília de Fátima Carvalho Martins

António Augusto Vilares Dias

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, pode relevar na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

Os jovens utilizam diferentes dispositivos digitais para realizar as mais diversas atividades na internet. A rápida mudança dos ambientes digitais desafia-os a promover mudanças nos seus comportamentos, em especial os associados à socialização. Desafios que envolvem riscos, por vezes ignorados ou descurados, quanto à segurança online e que se apresentam como ameaças constantes à sua privacidade e segurança pessoal e dos seus dados pessoais. As autoridades têm alertado no sentido da necessidade de desenvolver iniciativas de sensibilização e informação da comunidade educativa, em especial dos jovens, que os consciencialize para os riscos inerentes aos fenómenos e comportamentos adotados, assumindo a escola um papel preponderante nesta função.

Objetivos

As temáticas articulam-se com o referencial de aprendizagens associadas ao trabalho das bibliotecas escolares junto da comunidade ao nível dos conhecimentos e capacidades relacionadas com a literacia mediática, assim como com a estratégia nacional de Educação para a Cidadania. Pretende-se desenvolver competências digitais e criar espaços de reflexão que proporcionem a exploração de recursos e ferramentas, bem como a conceção de planos de intervenção que envolvam estas temáticas em contexto educativo. Pretende-se ainda debater estratégias de sensibilização dos alunos para a Cidadania Digital, bem como refletir acerca da integração curricular e transversalidade das temáticas relacionadas com a utilização das tecnologias digitais.

Conteúdos

Módulo 1: Dimensão portuguesa da rede Insafe. Iniciativas e recursos do projeto SeguraNet. Linhas de apoio. Módulo 2: Potencialidades das tecnologias móveis. Fenómenos, desafios e comportamentos de risco associados às tecnologias e ambientes digitais. Tecnologias emergentes. Módulo 3: Atividades de promoção da literacia digital e de práticas seguras em ambientes digitais. Segurança na internet na Biblioteca Escolar e em Cidadania e Desenvolvimento. Direitos de autor e direitos conexos. Licenciamento Creative Commons. Plágio e estratégias de pesquisa orientada. Identidade, privacidade e pegada digital. Módulo 4: Integração transversal das tecnologias digitais no currículo, nas atividades educativas e no quotidiano dos alunos. Iniciativas no âmbito da segurança digital. Desenvolvimento de projetos de cidadania digital na escola. Módulo 5: Avaliação e reflexão. Apresentação, partilha e reflexão sobre os resultados obtidos pela implementação nas escolas dos projetos desenvolvidos na oficina.

Avaliação

Aplicação do determinado no regime Jurídico da Formação Contínua de professores, Decreto-lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro, conjugado com o Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio e com o “Regulamento para Acreditação e Creditação de Ações de Formação Contínua. A classificação de cada formando será realizada na escala de 1 a 10 conforme indicado no Despacho n.º 4595/2015, de 6 de maio, respeitando todos os dispositivos legais da avaliação contínua e tendo por base a participação/contributos e o trabalho final elaborado pelos formandos.

Bibliografia

Carvalho, Ana (2013). Aprender através dos recursos online. Rede Bibliotecas Escolares. Retirado de: http://rbe.mec.pt/np4/973.htmlSeguraNet – Navegar em Segurança. Disponível em: http://www.seguranet.ptRede europeia de Centros Internet Segura – Insafe. Disponível em: https://youth.betterinternetforkids.eu/web/portal/homeCentro Internet Segura. Disponível em: http://www.internetsegura.ptPositive Digital Content for Kids. Experts reveal their secrets. Edited by Remco Pipers & Nicole van Den bosch. Poscon & Mijin Kind Online (2014). Retirado de: http://mijnkindonline.nl/sites/default/files/uploads/Positive-ditital-content-for-kids.pdf

Anexo(s)

An


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 13-05-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 15-05-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
3 20-05-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
4 22-05-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
5 27-05-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
6 29-05-2024 (Quarta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial

Ref. 177A5_6 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116947/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 10-05-2024

Fim: 29-06-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Morgado Mateus

Formador

Miguel Pedro Cardoso Madureira

Destinatários

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A ação de formação pretende melhorar os conhecimentos e a o modo de utilização da plataforma Office 365 institucional, promovendo a utilização de um conjunto de ferramentas que facilitam a organização do trabalho em ambiente escolar, bem como a interação entre professores e alunos.

Objetivos

Com esta ação de formação, pretende-se atingir os seguintes objetivos: - Promover uma melhor utilização de ferramentas de comunicação e organização dentro da comunidade escolar; - Aumentar o grau de utilização de Ferramentas de Edição, Partilha e Armazenamento; - Utilizar Ferramentas de Gestão e Monitorização de Tarefas; - Utilizar Ferramentas de Colaboração; - Conhecer outras ferramentas de colaboração, edição e comunicação.

Conteúdos

1. Introdução  Visão global do Office 365 Educação  Cenários de utilização: Gestão Administrativa vs Gestão Pedagógica 2.Ferramentas de Comunicação e Organização  Outlook – Correio, Calendário e Contactos 3. Ferramentas de Edição, Partilha e Armazenamento  Office Online – Edição de documentos em simultâneo  OneDrive – Armazenamento de ficheiros online  Sharepoint – Plataforma de gestão documental 4.Ferramentas de Gestão e Monitorização de Tarefas  Planner - Gestão de projetos e trabalho em equipa  ToDo – Gestão e organização do dia-a-dia  Tasks – Planeamento e calendarização de tarefas 5.Ferramentas de Colaboração  Microsoft Teams – Plataforma de gestão de equipas e turmas  OneNote – Bloco de notas partilhado  Yammer – Rede social da organização 6.Outras ferramentas de colaboração, edição e comunicação  Stream – Plataforma de vídeos da organização  Delve – Organização e partilha  Forms – Criação de formulários  Sway – Apresentações dinâmicas e interativas

Metodologias

As sessões são teórico-práticas com recurso a: - metodologia de aprendizagem por execução de tarefas, para a introdução de aplicações da plataforma; - metodologia da resolução de problemas, para a consolidação da utilização de aplicações.

Avaliação

Os formandos serão avaliados quantitativamente numa escala de 1 a 10 valores, tendo em consideração as orientações emanadas pelo Conselho Científico e Pedagógico da Formação Contínua de Professores e de acordo com os critérios definidos no Regulamento Interno do Centro de Formação, a saber: 40% para a participação e empenho; 60% para a realização de tarefas propostas nas sessões, incluindo uma reflexão crítica individual,

Bibliografia

Computação em Nuvem com o Office 365, Hélio Engholm Júnior, edições Novatec Editora [ISBN-13: 978-8575224250]OFFICE 2019-OFFICE 365: principales novidades, paso a paso, Rosario Peña Pérez, Editorial Altaria [ISBN-13: ISBN-13: 978-8494731976]


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 10-05-2024 (Sexta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
2 13-05-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
3 20-05-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
4 27-05-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
5 03-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
6 11-06-2024 (Terça-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
7 17-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial
8 24-06-2024 (Segunda-feira) 18:30 - 22:30 4:00 Presencial

Ref. 266_ESCCB_1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-124680/24

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 30.0 horas (15.0 horas presenciais + 15.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 07-05-2024

Fim: 28-06-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Formador

António Augusto Vilares Dias

Marília de Fátima Carvalho Martins

Destinatários

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, pode relevar na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A presente ação, visa dotar os professores e alunos de novas ferramentas que otimizem o trabalho colaborativo resultante do novo paradigma da autonomia e flexibilidade curricular emanada do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho. A utilização destas tecnologias em sala de aula, tem em vista a construção e aplicação de cenários de aprendizagem que promovam a investigação, a criatividade e o trabalho colaborativo dos alunos e se constituam como uma mais-valia do processo de ensino-aprendizagem, respondendo aos projetos dos Agrupamentos de Escolas que conceberam planos de ação estratégica com vista à melhoria do sucesso escolar, desafiando a pedagogia tradicional quanto aos modos de funcionamento da escola e da sua relação com a comunidade.

Objetivos

- Implementar novas práticas colaborativas no âmbito da flexibilização curricular; - Contribuir para uma mudança na organização e nos métodos pedagógicos na sala de aula; - Fomentar o trabalho em rede com recurso a ferramentas digitais; - Contribuir para a consolidação de uma cultura de atualização e desenvolvimento permanente de professores e alunos; - Incentivar práticas de investigação e auto-aprendizagem dos alunos; - Contribuir para a aquisição de competências específicas no domínio das TIC; - Construir, testar e partilhar novos materiais pedagógicos utilizando ferramentas digitais em contexto de sala de aula;

Avaliação

A avaliação traduz-se numa classificação final quantitativa, na escala de 1 a 10, expressa através do referencial de menções qualitativas previstas no nº 2 do artigo 46º do ECD e de acordo com a Carta Circular CCPFC-3/2007. A aprovação no curso dependerá da obtenção de classificação igual ou superior a 5 valores e da frequência mínima de 2/3 do total de horas da ação. Avaliação contínua baseada nos dois itens gerais: - 25% (participação); - 75% (trabalho produzido).

Bibliografia

Braga, Denise Bértoli (2013) - Ambientes Digitais - reflexões teóricas e práticas, Cortez Editora, SP, BrasilPráticas pedagógicas e tecnologias digitais. Disponível em https://books.google.pt/books?id=yL9mOXySqLgC&printsec=frontcover&dq=ferramentas+digitais+em+sala+de+aula&hl=pt-PT&sa=X&ved=0ahUKEwi63ffb4ZrfAhUP4YUKHUAZDhI4ChDoAQgsMAE#v=onepage&q=ferramentas%20digitais%20em%20sala%20de%20aula&f=false, Consultado em 12-12-2018Domine a Web, Disponível em https://books.google.pt/books?id=obqoBwAAQBAJ&pg=PA56&dq=google+drive&hl=pt-PT&sa=X&ved=0ahUKEwiC_cXr4JrfAhVOzoUKHRKRChsQ6AEINTAC#v=onepage&q=google%20drive&f=false. Consultado em 12-12-2018


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 07-05-2024 (Terça-feira) 18:15 - 21:15 3:00 Presencial
2 09-05-2024 (Quinta-feira) 18:15 - 20:15 2:00 Presencial
3 14-05-2024 (Terça-feira) 18:15 - 21:15 3:00 Presencial
4 16-05-2024 (Quinta-feira) 18:15 - 21:15 3:00 Presencial
5 21-05-2024 (Terça-feira) 18:15 - 20:15 2:00 Presencial
6 23-05-2024 (Quinta-feira) 18:15 - 20:15 2:00 Presencial

Ref. 212_2 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-117617/22

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 50.0 horas (25.0 horas presenciais + 25.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 02-05-2024

Fim: 26-06-2024

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Formador

Sofia Carmo Costa Oliveira Reis

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico, Secundário e de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A avaliação pedagógica tem assumido uma centralidade inegável nas políticas educativas e curriculares, com efeitos concretos nas práticas de ensino e aprendizagem, designadamente na promoção do “sucesso escolar”. A publicação do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho, consagra mudanças significativas ao nível do currículo, assumindo um dos seus princípios orientadores: a “afirmação da avaliação das aprendizagens como parte integrante da gestão do currículo enquanto instrumento ao serviço do ensino e das aprendizagens”. Refere ainda o caráter formativo da avaliação pedagógica como um dos pilares da melhoria da qualidade do ensino e da aprendizagem. Importa, pois, que os professores consolidem estas mudanças de modo contextualizado e que aprofundem competências e conhecimentos inerentes ao processo de avaliação das aprendizagens, nomeadamente, através de desenvolvimento de projetos pedagógicos e didáticos em torno de práticas de avaliação formativa, feedback e participação, critérios de avaliação e processos de recolha de informação. Deste modo, visa-se capacitar e apoiar os docentes para a construção dos recursos inovadores necessários e ajustados aos seus contextos educativos específicos, promovendo-se ainda a implementação e análise dos mesmos, tendo em vista o seu aperfeiçoamento ou reformulação.

Objetivos

• Contribuir para o desenvolvimento de competências e conhecimentos no domínio da avaliação, em geral, e da avaliação pedagógica, em particular, congruentes com o real conteúdo das orientações constantes nos documentos legais; • Promover práticas de trabalho colaborativo e cooperativo na construção e desenvolvimento de projetos de avaliação pedagógica em contexto de sala de aula; • Elaborar recursos educativos de suporte ao desenvolvimento dos projetos de avaliação pedagógica; • Permitir a troca de materiais e experiências, o esclarecimento de dúvidas e a geração de ideias e projetos de natureza pedagógica e didática; • Incrementar práticas de formação de natureza investigativa que confiram competências aos professores para lidar com a mudança e a inovação no âmbito da avaliação pedagógica.

Conteúdos

1. Enquadramento curricular: documentos de referência – 3 horas; 2. Natureza e Fundamentos da Avaliação - 3 horas; 3. Avaliação formativa e avaliação sumativa - 3 horas; 4. Feedback: natureza, distribuição e utilização por alunos e professores-alunos - 3 horas; 5. Aprendizagens Essenciais, Critérios de avaliação, Descritores de Níveis de Desempenho e de Standards. - 3 horas; 6. Processos de recolha de informação - 3 horas; 7. Apresentação, discussão e avaliação dos projetos de intervenção desenvolvidos no âmbito da oficina - 7 horas.

Avaliação

De acordo com o RJFCP – Decreto-Lei nº 22/2014, de 11 de fevereiro - e nos termos dos nºs 5 e 6, do artigo 4.º do Despacho nº 4595/2015, de 6 de maio, valorizando-se uma lógica formativa e de acompanhamento. Assim, a avaliação dos formandos terá incidência: (1) Na participação e no trabalho contínuo realizado ao longo das sessões presenciais; (2) Na componente de trabalho individual, tendo em conta a qualidade dos projetos e materiais produzidos e apresentados em plenário.

Bibliografia

Fernandes, D. (2021). Para uma fundamentação e melhoria das práticas de avaliação pedagógica no âmbito do Projeto MAIA. Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação.Fernandes, D. (2021). Para a Conceção e Elaboração do Projeto de Intervenção no Âmbito do Projeto MAIA. Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação.Fernandes, D. (2021). Para um enquadramento da formação de professores. Texto de Apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação.Machado, E. A. (2021). Feedback. Folha de apoio à formação - Projeto de Monitorização, Acompanhamento e Investigação em Avaliação Pedagógica (MAIA). Ministério da Educação/Direção-Geral da Educação.Wenger, E. (1998). Communities of practice: Learning, meaning, and identity. Cambridge University Press.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 02-05-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 21:30 3:00 Presencial

Ref. 256_1 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-122807/24

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 09-04-2024

Fim: 04-06-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Diogo Cão

Formador

Cibele Maria Vicente Fernandes

Destinatários

Professores dos Grupos 110, 230, 500

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 110, 230, 500. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 110, 230, 500.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

Um dos oito objetivos para aprender Matemática no século XXI, referido no documento das Novas Aprendizagens Essenciais da Matemática, é que os alunos desenvolverem a capacidade de pensamento computacional. Estas práticas são imprescindíveis na atividade matemática e dotam os alunos de ferramentas que lhes permitem resolver problemas, em especial relacionados com a programação. Assim sendo, é urgente e imprescindível formar os professores de Matemática nesta área, para que possam incorporar o pensamento computacional na sua prática letiva e orientar as aprendizagens dos alunos, através de atividades que promovam aprendizagens significativas, recorrendo à programação, fomentando, assim, a melhoria da literacia digital dos alunos e o desenvolvimento de capacidades transversais ao currículo. O Scratch permite que os alunos dos vários ciclos de ensino aprendam a programar e desenvolvam competências matemáticas, tais como a resolução de problemas, o raciocínio lógico e o pensamento computacional de uma forma simples e divertida, através de histórias, jogos e/ou animações.

Objetivos

Pretende-se com esta formação que os professores adquiram competências ao nível da programação com Scratch dando-lhes a conhecer novas metodologias de aprendizagem a utilizar nas suas práticas pedagógicas, de acordo com o nível de escolaridade dos seus alunos. O curso de formação deverá permitir aos formandos:  Conhecer o conceito de pensamento computacional e as competências que lhe estão associadas;  Explorar o ambiente de programação em Scratch e identificar as funcionalidades mais relevantes para a criação de programas que permitam abordar/explorar os conteúdos que leciona;  Promover a seleção, adaptação e/ou criação de tarefas alinhadas com as Aprendizagens Essenciais do seu domínio científico dos 1.º, 2,º e 3.º Ciclos do Ensino Básico, que desenvolvam o pensamento computacional, o raciocínio lógico e a resolução de problemas com recurso à programação;  Planificar atividades que desenvolvam o pensamento computacional, o raciocínio lógico e a resolução de problemas e que as implementem em contexto sala de aula;  Partilhar conhecimentos, práticas e recursos entre professores.

Conteúdos

Módulo 1: Competências para o Séc. XXI e Pensamento Computacional (1 hora)  Enquadramento e informação sobre os conteúdos da formação  Competências para o Séc. XXI no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória  Pensamento computacional e as Aprendizagens Essenciais. Módulo 2: Programação em Scratch (14 horas)  Introdução ao Scratch – Comunidade e site oficial.  Criar com Scratch – Interface e funcionamento.  Programação com Scratch – Realização de atividades dirigidas. Módulo 3: A Matemática e o Scratch (10 horas)  Análise de conteúdos matemáticos que podem ser lecionados com Scratch.  Planificação e conceção de recursos promotores do pensamento computacional, do raciocínio lógico e da resolução de problemas.  Criação autónoma de projetos em Scratch.

Metodologias

As sessões serão presenciais e terão carácter teórico-prático com predominância prática, utilizando computador e o quadro da Promethean. Realizam-se na Sala do Futuro da Escola EB 2,3 Diogo Cão, onde cada professor poderá utilizar o equipamento existente ou o seu computador pessoal. Os formandos utilizarão o software livre Scratch na versão online. A metodologia de aprendizagem será baseada na realização de tarefas práticas orientadas para consolidação e aplicação dos conhecimentos. Este processo culminará com o desenvolvimento de pequenos projetos com vista à criação de recursos educativos. Todos os materiais e recursos utilizados em contexto serão disponibilizados pelo formador através de plataforma de partilha e apoio à formação.

Avaliação

Os/As formandos/as serão avaliados na escala de 1 a 10. Participação 40% Trabalho produzido &60%

Bibliografia

books/edition/Scratch_Programming_in_easy_steps/

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 09-04-2024 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
2 16-04-2024 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
3 23-04-2024 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
4 30-04-2024 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
5 14-05-2024 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
6 21-05-2024 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
7 28-05-2024 (Terça-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Presencial
8 04-06-2024 (Terça-feira) 18:00 - 22:00 4:00 Presencial

Ref. 177A5_5 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-116947/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 28-02-2024

Fim: 21-04-2025

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas de Santa Marta de Penaguião

Formador

Carlos Manuel Ambrósio Rodrigues

Destinatários

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A ação de formação pretende melhorar os conhecimentos e a o modo de utilização da plataforma Office 365 institucional, promovendo a utilização de um conjunto de ferramentas que facilitam a organização do trabalho em ambiente escolar, bem como a interação entre professores e alunos.

Objetivos

Com esta ação de formação, pretende-se atingir os seguintes objetivos: - Promover uma melhor utilização de ferramentas de comunicação e organização dentro da comunidade escolar; - Aumentar o grau de utilização de Ferramentas de Edição, Partilha e Armazenamento; - Utilizar Ferramentas de Gestão e Monitorização de Tarefas; - Utilizar Ferramentas de Colaboração; - Conhecer outras ferramentas de colaboração, edição e comunicação.

Conteúdos

1. Introdução  Visão global do Office 365 Educação  Cenários de utilização: Gestão Administrativa vs Gestão Pedagógica 2.Ferramentas de Comunicação e Organização  Outlook – Correio, Calendário e Contactos 3. Ferramentas de Edição, Partilha e Armazenamento  Office Online – Edição de documentos em simultâneo  OneDrive – Armazenamento de ficheiros online  Sharepoint – Plataforma de gestão documental 4.Ferramentas de Gestão e Monitorização de Tarefas  Planner - Gestão de projetos e trabalho em equipa  ToDo – Gestão e organização do dia-a-dia  Tasks – Planeamento e calendarização de tarefas 5.Ferramentas de Colaboração  Microsoft Teams – Plataforma de gestão de equipas e turmas  OneNote – Bloco de notas partilhado  Yammer – Rede social da organização 6.Outras ferramentas de colaboração, edição e comunicação  Stream – Plataforma de vídeos da organização  Delve – Organização e partilha  Forms – Criação de formulários  Sway – Apresentações dinâmicas e interativas

Metodologias

As sessões são teórico-práticas com recurso a: - metodologia de aprendizagem por execução de tarefas, para a introdução de aplicações da plataforma; - metodologia da resolução de problemas, para a consolidação da utilização de aplicações.

Avaliação

Os formandos serão avaliados quantitativamente numa escala de 1 a 10 valores, tendo em consideração as orientações emanadas pelo Conselho Científico e Pedagógico da Formação Contínua de Professores e de acordo com os critérios definidos no Regulamento Interno do Centro de Formação, a saber: 40% para a participação e empenho; 60% para a realização de tarefas propostas nas sessões, incluindo uma reflexão crítica individual,

Bibliografia

Computação em Nuvem com o Office 365, Hélio Engholm Júnior, edições Novatec Editora [ISBN-13: 978-8575224250]OFFICE 2019-OFFICE 365: principales novidades, paso a paso, Rosario Peña Pérez, Editorial Altaria [ISBN-13: ISBN-13: 978-8494731976]


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 28-02-2024 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial

Ref. 1687 A decorrer

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-118440/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 28.0 horas

Início: 21-02-2024

Fim: 31-05-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas D.Sancho II - Alijó

Formador

Maria Augusta Almeida Costa

Dalila Gonçalves Gouveia Rodrigues

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Releva

No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente. Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A Educação da Sexualidade tem um papel central na preparação de crianças e jovens para uma vida segura, produtiva e plena num mundo onde a desigualdade de género, a violência de género, o abuso sexual, as infeções sexualmente transmissíveis, a gravidez não planeada, ainda representam um sério risco para o seu bem-estar. Em Portugal, a educação sexual é de natureza obrigatória, estando contemplado na lei n.º 60/2009 e na portaria n. º196-A/2010, sendo o PRESSE um aliado na implementação da mesma, nas escolas da região Norte. O PRESSE é oPrograma Regional de Educação Sexual em Saúde Escolar, desenvolvido pela Administração Regional de Saúde do Norte, I.P. através do seu Departamento de Saúde Pública da Área Funcional de Promoção e Proteção da Saúde, integrando a operacionalização do Programa Nacional de Saúde Escolar e tendo por base uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação. Este programa de saúde pública preconiza a Educação Integral da Sexualidade, que se desenvolve por meio de um trajeto curricular concebido para ensinar e aprender os aspetos cognitivos, emocionais, físicos e sociais da sexualidade. Recentemente a UNESCO publicou as novas orientações técnicas internacionais sobre Educação Integral da Sexualidade, com enfoque baseado na evidência, oferecendo uma nova definição e evolução de conteúdos, o PRESSE desenvolveu-se em alinhamento com essas orientações.

Objetivos

- Adquirir conhecimentos sobre Sexualidade Humana e Educação Integral da Sexualidade - Desenvolver competências pedagógicas em Educação Sexual

Conteúdos

• Sexualidade, direitos da vida humana • Vida familiar e relacionamentos interpessoais saudáveis e respeitosos • Valores pessoais e compartilhados • Normas culturais e sociais • Igualdade de género • Não discriminação • Comportamentos sexuais • Violência e violência de género • Consentimento e integridade corporal • Abuso e práticas sexuais prejudiciais

Metodologias

Este curso, com um total de 28 horas presenciais conjuntas, desenvolver-se-á tendo por base sessões teórico-práticas abordando os princípios e conhecimentos inerentes à temática, mas com uma vertente de reflexão/discussão que enriqueça e empodere os/as docentes e educadores/as preparando-os/as pedagogicamente para a abordagem do PRESSE em contexto educativo, tendo em conta que o Programa irá utilizar um leque diverso de dinâmicas interativas, participativas e centradas nos/as alunos/as, alinhadas com os objetivos de aprendizagem, que permitirão que estes/as interiorizem e integrem as informações e desenvolvam competências (conhecimentos, atitudes, habilidades), e "adotem comportamentos que promovam a saúde e o bem-estar" (PASEO).

Avaliação

De acordo com o RJFC – DL 22/2014, de 11 de fevereiro - e nos termos dos nºs 5 e 6, do artigo 4.º do Despacho 4595/2015, de 6 de maio, a avaliação dos formandos é expressa numa classificação quantitativa na escala de 1 a 10 valores, de acordo com as menções definidas no ponto 6 do mesmo diploma, tendo por base um Relatório Final de Avaliação como trabalho final. É atribuída com base nos indicadores abaixo apresentados e respetiva ponderação: a) Participação – 40% b) Trabalho final – 60%

Bibliografia

UNESCO (2019). Orientações técnicas internacionais de educação em sexualidade. Uma abordagem baseada em evidências. UNFPA (2014). Operational guidance for comprehensive sexuality education: a focus on human rights and gender. New York, 2014 Wight, D. (2011). The effectiveness of school-based sex education: what do rigorous evaluations in Britain tell us? Education and Health, v. 29, n. 4, p. 72-78, 2011. LEI N.º 60/2009 DE 6 DE AGOSTO - Estabelece o regime de aplicação da educação sexual em meio escolar.• PORTARIA N.º 196-A/2010 DE 9 DE ABRIL

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 21-02-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
2 28-02-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
3 06-03-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
4 13-03-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
5 27-03-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
6 03-04-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
7 22-05-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial

Ref. 2571 Em avaliação

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 18/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 06-03-2024

Fim: 06-03-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Formador

Manuel Florindo Alves Meirinhos

Helena Isabel da Costa Correia

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

CFAE Vila Real, CFAE Basto e CFAE Alto Tâmega e Barroso

Objetivos

Garantir a sustentabilidade do plano de transição digital; Estimular a reflexão conjunta dobre o desenvolvimento digital das escolas; envolvendo a rede DGE-CCTIC-CFAE-ED-EDD; Dar visibilidade a práticas de referências das unidades orgânicas;

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 06-03-2024 (Quarta-feira) 09:30 - 13:00 3:30 Presencial
2 06-03-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:00 2:30 Presencial

Ref. 253_1 Em avaliação

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 15/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 28-02-2024

Fim: 28-02-2024

Regime: Presencial

Local: Escola EB2,3 Miguel Torga-Sabrosa

Formador

Gerardo Vidal Gonçalves

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Agrupamento de Escolas Miguel Torga - Sabrosa/CFAE de Vila Real

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 28-02-2024 (Quarta-feira) 16:30 - 19:30 3:00 Presencial

Ref. 1962 Alijó Em avaliação

Registo de acreditação: PND_A2

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 28.0 horas

Início: 21-02-2024

Fim: 22-05-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas D. Sancho II - Alijó

Formador

Maria Augusta Almeida Costa

Dalila Gonçalves Gouveia Rodrigues

Destinatários

Pessoal Não Docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Objetivos

- Adquirir conhecimentos sobre Sexualidade Humana e Educação Integral da Sexualidade - Desenvolver competências pedagógicas em Educação Sexual


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 21-02-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
2 28-02-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
3 06-03-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
4 13-03-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
5 27-03-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
6 03-04-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial
7 22-05-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 18:00 4:00 Presencial

Ref. 169T 4 Em avaliação

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 2022/17

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 15-11-2023

Fim: 15-11-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas D. Sancho II - Alijó

Formador

Dalila Gonçalves Gouveia Rodrigues

Maria Augusta Almeida Costa

Destinatários

Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente..

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

(Identificar as necessidades de formação de professores a que se pretende responder com a implementação da ação de formação e as entidades envolvidas) A promoção da saúde mental e a prevenção dos comportamentos suicidários é sublinhada nas principais estratégias e planos de ação de saúde mental, tanto a nível internacional como em Portugal (DGS, 2013, 2015). O contexto escolar assume-se como um contexto privilegiado para a implementação de ações e programas de promoção da saúde mental e de prevenção dos comportamentos suicidários, envolvendo toda a comunidade educativa (Brás, 2013; Granello & Granello, 2007; Katz et. al, 2013; Santos et al., 2021). Paralelamente, é reconhecido que a ideação suicida e os comportamentos suicidários são comuns em idade escolar e associam-se com frequência a perturbações psicológicas passíveis de serem identificadas nas escolas por qualquer elemento da comunidade educativa, e em particular pelos professores (Granello & Granello, 2007; Miller, 2011; Shaffer & Kipp, 2014). Neste sentido, as diretrizes internacionais e nacionais defendem a implementação de programas que contemplem ações formativas que visem o combate ao estigma acerca da doença mental e comportamentos suicidários, aumentar o conhecimento sobre fatores de risco e sinais de alarme associados ao suicídio, permitindo a identificação precoce de adolescentes em risco e a referenciação para a ajuda especializada (Brás & Santos, 2014; Pompili et al., 2011).

Objetivos

OBJETIVOS - Combater o estigma em saúde mental; - Esclarecer sobre os comportamentos suicidários na adolescência; - Contribuir para a identificação precoce de adolescentes em risco e sua referenciação para os cuidados de saúde; - Refletir sobre o papel da escola na promoção da saúde mental e prevenção dos comportamentos suicidários; - Apresentar o Programa Mais Contigo: aspetos metodológicos.

Conteúdos

- Adolescência - Depressão - Comportamentos suicidários na adolescência - Programa Mais Contigo.

Metodologias

Componente teórica com base na seguinte estratégia: Metodologia expositiva e ativa, através das técnicas pedagógicas: brainstorming, discussão em grupo, entre outras.

Avaliação

A ação será avaliada mediante questionário online a preencher pelos formandos (obrigatório). Os participantes procedem a uma breve reflexão escrita online sobre a formação desenvolvida e a sua importância no seu desenvolvimento pessoal e profissional (obrigatória).


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 15-11-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 226T 1_S.Pedro Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-121133/23

Modalidade: Oficina de Formação

Duração: 26.0 horas (13.0 horas presenciais + 13.0 horas de trabalho autónomo)

Início: 11-11-2023

Fim: 15-02-2024

Regime: b-learning

Local: Escola Secundária S. Pedro

Formador

Helena Santos Silva

Destinatários

Professores do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 3º Ciclo do Ensino Básico e do Ensino Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A oficina integra o projeto «WAY – "Quem te Viu e Quem te Vê!"» (2022.01025.PTDC) que foca o desenvolvimento da autorregulação de aprendizagens de alunos/as de ensino básico e secundário através da observação colaborativa de aulas e/ou situações de aprendizagem. Reformas curriculares recentes têm privilegiado a promoção da autorregulação das aprendizagens ligada ao desenvolvimento da autonomia de alunos/as para terem sucesso nos desempenhos escolares e formativos e para lidarem com a incerteza dos papéis e profissões que irão assumir nos contextos sociais e profissionais futuros. Partindo da experiência e reflexões acumuladas em seis anos de implementação de um programa de observação de pares multidisciplinares em sala de aula como forma colaborativa de supervisão pedagógica (OPMUSA), e de uma experiência-piloto numa Escola durante o estalar da pandemia, este projeto de formação e intervenção propõe experimentar um modelo de observação de aulas, onde alunos/as sejam incluídos/as como observadores. Trata-se de promover a observação de pares em situações de aprendizagem.

Objetivos

No final da ação de formação, pretende-se que os professores sejam capazes de: - Desenhar e experimentar, conjuntamente com alunos/as, estratégias de desenvolvimento de capacidades de aprendizagem autorregulada dos/as mesmos/as; - Refletir sobre e planear a melhoria pedagógica, tendo em conta a co construção de conhecimento sobre contextos e processos de ensino e aprendizagem com alunos/as; - Reconhecer benefícios da aplicação de modelos de observação colaborativa de aulas para o auto e o hétero reconhecimento profissional e para o clima de escola.

Conteúdos

SPC = sessões presenciais conjuntas - 11 SOS = sessões online síncronas 2 TA = trabalho autónomo 13 MÓDULO 1: ENQUADRAMENTO, DOCUMENTOS E PROCEDIMENTOS SPC1 (3h): - Apresentação do projeto, participantes e conceitos estruturantes: trabalho colaborativo; observação de aulas; supervisão pedagógica colaborativa; autonomia e autorregulação de aprendizagens; feedback; participação de alunos/as na ação curricular e pedagógica; - Discussão de documentos estruturantes no âmbito de: Competências-chave para o século XXI; Perfil dos Alunos à saída da Escolaridade Obrigatória; Currículo dos Ensinos Básico e Secundário; Inclusão; TA1 (1h): - Aplicação do inquérito para diagnóstico de capacidades de autorregulação das aprendizagens de alunos/as participantes. SPC2 (2h): - Partilha e discussão com docentes dos resultados preliminares do diagnóstico de capacidades de autorregulação das aprendizagens de alunos/as participantes. - Preparação do modelo de observação: grupos e guiões de observação; focos de observação; feedback de pares versus feedback de alunos/as. TA2 (1h): - Sessão com todos/as os/as alunos/as das turmas envolvidas no trabalho de planificação e esclarecimento de dúvidas. MÓDULO 2: OBSERVAÇÕES DE PARES EM AULAS COM ALUNOS/AS TA3 (6h): - Organização, acompanhamento e monitorização dos processos de observação de pares entre os/as alunos/as participantes. - Reflexão conjunta com os/as alunos/as sobre as suas observações pares em aulas e estruturação de propostas de melhoria das estratégias de autorregulação das aprendizagens dos/as alunos/as e sua articulação nas práticas docentes. SOS3 (2h): - Apresentação e discussão das primeiras experiências de promoção de processos de observação de pares entre os/as alunos/as participantes, dificuldades encontradas e propostas para as ultrapassar; - Discussão de estratégias para potenciar as capacidades de autorregulação das aprendizagens dos/as alunos/as com as observações realizadas. MÓDULO 3: EVOLUÇÃO DAS OBSERVAÇÕES E CONCLUSÕES TA4 (1h): - Aplicação do inquérito para avaliação das mudanças nas capacidades de autorregulação das aprendizagens de alunos/as participantes. SPC4 (2h): - Apresentação e discussão sobre as vivências dos professores na organização dos processos de observação e sobre a evolução das capacidades de autorregulação das aprendizagens dos/as alunos/as participantes; - Reflexão sobre a melhoria de práticas profissionais tendo em conta perspetivas de alunos/as participantes; TA5 (1h): - Sessão com todos os/as alunos/as das turmas envolvidas de reflexão sobre a evolução de resultados e sobre o ensaio de estratégias de promoção da autorregulação das aprendizagens e autonomia; SPC5 (2h): - Discussão de efeitos do modelo de observações com alunos/as participantes na promoção das capacidades de autorregulação das aprendizagens e de possibilidades de expansão desses efeitos. - Preparação das atividades de escrita e disseminação do projeto de observação de pares entre alunos/as nas escolas dos/as docentes participantes TA6 (1h): - Organização de uma sessão na Escola, para promover a divulgação do projeto de observação de pares e reflexões sobre a evolução de resultados e sobre estratégias de promoção da autorregulação das aprendizagens nos/as alunos/as. TA7 (2h): - Produção do relatório final

Avaliação

Os formandos deverão cumprir, com assiduidade, um mínimo de dois terços do tempo previsto nas sessões presenciais conjuntas. A assiduidade não se pode constituir como critério de avaliação. Contudo, a presença nas sessões presenciais conjuntas é essencial por estas se constituírem momentos de apresentação, sistematização e discussão de dados e informações de estímulo e suporte à reflexão individual dos professores participantes. Por tal, a avaliação dos formandos será suportada na avaliação de um relatório escrito individual final, a ser elaborado de acordo com modelo a trabalhar na última sessão presencial, onde constem elementos de reflexão sobre a melhoria de práticas profissionais tendo em conta o trabalho desenvolvido com os estudantes na promoção da autorregulação das suas aprendizagens, seus efeitos e possibilidades de expansão desses efeitos.

Bibliografia

Mouraz, A.; Pinto, D. & Torres., A. (2022). Effects of a model for multidisciplinary peer observation of teaching in teacher professional development and in nurturing a reflective school, Reflective Practice https://doi.org/10.1080/14623943.2022.2130225Pereira, F., Mouraz, A., & Figueiredo, C. (2014). Student Participation in School Life: The “Student Voice” and Mitigated Democracy. Croatian Journal of Education:, 16(4), 935-975. doi: 10.15516/cje.v16i4.742Silva, H., Lopes, J., Dominguez, C., Payan-Carreira, R., Morais, E., Nascimento, M., & Morais, F.(2016).Fostering critical thinking through peer review between cooperative learning groups.Revista LusóFona de Educação, 32(32), 31-45.Simão, A. M. V., Frison, L. M. B. (2013). Autorregulação da aprendizagem: abordagens teóricas e desafios para as práticas em contextos educativos, Cadernos de Educação, Vol. 45, pp. 2-20


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 11-11-2023 (Sábado) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
2 16-11-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
3 30-11-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
4 25-01-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Online síncrona
5 15-02-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial

Ref. 225224_1 Em avaliação

Registo de acreditação: ACD D. Sancho II_2

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 11-10-2023

Fim: 11-10-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas D. Sancho II - Alijó

Destinatários

Pessoal Não Docente - Agrupamento de Escolas D. Sancho II - Alijó

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

CFAE/Agrupamento de Escolas D. Sancho II - Alijó



Ref. 188T3 Em avaliação

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 2023/07

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 13-07-2023

Fim: 13-07-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Araújo Correia

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente..

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Agrupamento de Escolas Diogo Cão/Escola Secundária São Pedro/Unidade de Cuidados na Comunidade Vila Real I - Equipa de Saúde Escolar.

Enquadramento

O PRESSE apoia a implementação da educação sexual nas escolas de uma forma estruturada e sustentada, envolvendo um trabalho conjunto entre os profissionais de educação e de saúde escolar. Uma escola que promova a implementação da educação sexual de uma forma estruturada e sustentada, envolvendo todos os agentes, é uma escola que responde aos novos desafios que lhe são colocados ao nível da formação integral dos seus alunos.

Objetivos

Apresentar as atualizações do PRESSE.

Conteúdos

O PRESSE e a Lei nº 60 Metodologia PRESSE Recursos Pedagógicos PRESSE  PRESSE-Book Profissionais  PRESSE - Book 1º Nível  PRESSE –Book 2º Nível

Metodologias

Sessão teórico-prática com recurso a metodologias participativas.


Observações

Tem que ter máximo de inscritos 13, e mínimo de 10 formandos, se não tiver a acção não se realiza.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 13-07-2023 (Quinta-feira) 09:30 - 12:30 3:00 Presencial

Ref. 153SBV-AEJAC-T2 Em avaliação

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-113512/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 11-07-2023

Fim: 12-07-2023

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Araújo Correia

Formador

Maria do Céu dos Santos Silva

Maria de Lurdes Fonseca Loureiro

Destinatários

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores da Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores da Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

['Verifica-se que a grande maioria do pessoal docente não está preparado para lidar com este tipo\r\nde ocorrências, desconhecendo muitas vezes como prestar devidamente os primeiros socorros.\r\nPreparar tecnicamente este pessoal para um atendimento mais imediato e eficaz de uma criança\r\nacidentada na escola ou vítima de doença súbita, através da aquisição de conhecimentos na área\r\nde primeiros socorros é por isso deveras importante.\r\nDeverão então os professores estar preparados para prestar os primeiros socorros na escola, não\r\ndescorando também a necessidade de estarem alerta para as condições e fatores de prevenção\r\ndos mesmos e assim adquirir uma cultura de segurança para a qual se deve estar']

Objetivos

['\x95 Adquirir conhecimentos na área de Primeiros Socorros;\r\n\x95 Promover a segurança, de modo a prevenir os acidente s;\r\n\x95 Desenvolver competências de resposta a situações de acidente e/ou doença súbita.']

Conteúdos

1 \x96 SISTEMA INTEGR ADO DE EMERGÊNCIA MÉDICA\r\nTempo: 30\x92\r\n2 \x96 PRINCI PIOS GERAIS DO SOCORRISMO E PLANO DE ACÇÃO DO SOCORRISTA\r\nTempo: 60\x92\r\n3 \x96 SUPOR TE BÁSICO DE VIDA\r\nTempo: 180\x92\r\n4 \x96 ASFIXIA : ALGORITMO DE DESOBSTRUÇÃO DA VIA AÉREA\r\nTempo: 30\x92\r\n5 \x96 CHOQU E: CAUSAS E PRIMEIRO SOCORRO\r\nTempo: 30\x92\r\n6 \x96 HEMOR RAGIAS, FERIDAS E QUEIMADURAS\r\nTempo: 90\x92\r\n7 \x96 INTOXI CAÇÕES E PICADAS DE INSETOS\r\nTempo: 60\x92\r\n8 \x96 ACIDEN TES COM ELECTRICIDADE\r\nTempo: 30\x92\r\n9 \x96 LESÕE S MUSCULARES, ARTICULARES E ÓSSEAS\r\nTempo: 90\x92\r\n10 \x96 ALTER AÇÕES DE CONHECIMENTO, DOENÇAS CRÓNICAS E AVC\r\nTempo: 60\r\n11- SEGUR ANÇA E BEM-ESTAR NAS ESCOLAS\r\nTempo: 60\x92\r\n12 - BANCA PRÁTICA DE AVALIAÇÃO\r\nTempo: 180\x92

Metodologias

['Aulas teórico-práticas, com recurso a m etodologias participativas.']

Avaliação

['Assiduidade e participação 40%\r\nTrabalho produzido 60%\r\nResposta a um questioná rio elaborado para o efeito e avaliação do desempenho na banca prática.\r\nOs formandos serão avaliados utilizando a tabela de 0 a 10 valores, conforme indicado na Carta Ci rcular\r\nCCPFC \x96 3/2007 \x96 Setembro de 2007, utilizando os parâmetros de avaliação.']

Bibliografia

üINEM (2012). Emergências médicas: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108171804724961.pdfüINEM (2012).Abordagem á vitima: Manual TAS/TAT. Instituto Nacional de Emergência Médica.http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108170327548015.pdfüINEM (2012). Emergências Trauma: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/2014010817232160071.pdfüINEM (2012). Normas e emergências pediátricas e obstétricas: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108172029436503.pdfüINEM (2013). SIEM: Sistema Integrado de Emergência Médica. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108162916460041.pdf


Observações

Tem que ter máximo de inscritos 13, e mínimo de 10 formandos, se não tiver a acção não se realiza.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 11-07-2023 (Terça-feira) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial
2 11-07-2023 (Terça-feira) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial
3 12-07-2023 (Quarta-feira) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial
4 12-07-2023 (Quarta-feira) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial

Ref. 267_AEMM_1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 23/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 15-05-2024

Fim: 22-05-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Morgado de Mateus

Formador

Ricardo Manuel Pinto Montes

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, pode relevar na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus

Enquadramento

A presente ação de curta duração, visa dar a conhecer aos professores a ferramenta digital Canva como nova ferramenta que otimiza o trabalho colaborativo resultante do novo paradigma da autonomia e flexibilidade curricular emanada do Decreto-Lei nº 55/2018, de 6 de julho. A utilização desta ferramenta em sala de aula, tem em vista a construção e aplicação de cenários de aprendizagem que promovam a investigação, a criatividade e o trabalho colaborativo dos alunos e se constituam como uma mais-valia do processo de ensino-aprendizagem, respondendo aos projetos do Agrupamento de Escolas Morgado Mateus que concebeu planos de ação estratégica com vista à melhoria do sucesso escolar, desafiando a pedagogia tradicional quanto aos modos de funcionamento da escola e da sua relação com a comunidade.

Objetivos

Facilitar a criação de materiais educativos; Implementar novas práticas colaborativas no âmbito da flexibilização curricular; Fomentar o trabalho colaborativo com recurso ao Canva; Construir, testar e partilhar novos materiais pedagógicos utilizando o Canva em contexto de sala de aula; Estimular a criatividade dos alunos; Promover a comunicação visual.

Conteúdos

- Aceder ao Canva Educação de forma gratuita - Explorar algumas das potencialidades do Canva tais como: apresentações, elaboração de cartazes, imagens, criação de turmas; criação de apresentações com Inteligência Artificial.

Modelo

Questionário de satisfação por resposta on-line, a submeter até 2 dias após a realização da ACD

Bibliografia

BRAGA, Denise Bértoli. Ambientes digitais: reflexões teóricas e práticas. São Paulo: Cortez, 2013. MONTEIRO, Angélica, MOREIRA, J. António, Ensinar e Aprender com Tecnologias Digitais (eBook) - Abordagens Teóricas e Metodológicas, Porto Editora, 2013

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 15-05-2024 (Quarta-feira) 16:45 - 19:45 3:00 Presencial
2 22-05-2024 (Quarta-feira) 16:45 - 19:45 3:00 Presencial

Ref. 261T1_AEJAC Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 19/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 17-04-2024

Fim: 17-04-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Dr. João Araújo Correia,Peso da Régua

Formador

Maria João Coelho Presa Xavier

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente. Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Objetivos

- Perceber noções de Neurociência como neuroplasticidade e funções nervosas superiores (atenção, memoria, motivação, emoções e funções executivas); - Compreender qual o papel da Neurociência na Educação; - Estabelecer as relações entre a Neurociência as Aprendizagens a Felicidade e o Bem-Estar; - Debater estratégias que potencializam o Bem-Estar, a felicidade e as Aprendizagens; - Definir estratégias de promoção de Saúde Mental em Contexto Escola; - Prevenir e identificar Doença Mental em Contexto Escolar

Conteúdos

-Neurociência do Bem-Estar e Aprendizagem - Bem-Estar e Aprendizagem: que conexão cerebral? - Saúde Mental para docentes: da identificação à atuação - Enquanto docentes, como podemos promover a saúde mental e prevenir a doença mental dos nossos alunos?

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 17-04-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial

Ref. 262T1_AEJAC Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 20/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 17-04-2024

Fim: 17-04-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Dr. João Araújo Correia

Formador

Maria João Coelho Presa Xavier

Destinatários

Técnicos Superiores.

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Objetivos

- Perceber noções de Neurociência como neuroplasticidade e funções nervosas superiores (atenção, memoria, motivação, emoções e funções executivas); - Compreender qual o papel da Neurociência na Educação; - Estabelecer as relações entre a Neurociência as Aprendizagens a Felicidade e o Bem-Estar; - Debater estratégias que potencializam o Bem-Estar, a felicidade e as Aprendizagens; - Definir estratégias de promoção de Saúde Mental em Contexto Escola; - Prevenir e identificar Doença Mental em Contexto Escolar.

Conteúdos

-Neurociência do Bem-Estar e Aprendizagem - Bem-Estar e Aprendizagem: que conexão cerebral? - Saúde Mental para docentes: da identificação à atuação - Enquanto docentes, como podemos promover a saúde mental e prevenir a doença mental dos nossos alunos?

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 17-04-2024 (Quarta-feira) 17:30 - 20:30 3:00 Presencial

Ref. 1688 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-118440/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 28.0 horas

Início: 09-04-2024

Fim: 14-05-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Diogo Cão

Formador

Carlos Alberto Simão Alves

Vanessa dos Santos Cardoso Monteiro

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Releva

No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente. Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A Educação da Sexualidade tem um papel central na preparação de crianças e jovens para uma vida segura, produtiva e plena num mundo onde a desigualdade de género, a violência de género, o abuso sexual, as infeções sexualmente transmissíveis, a gravidez não planeada, ainda representam um sério risco para o seu bem-estar. Em Portugal, a educação sexual é de natureza obrigatória, estando contemplado na lei n.º 60/2009 e na portaria n. º196-A/2010, sendo o PRESSE um aliado na implementação da mesma, nas escolas da região Norte. O PRESSE é oPrograma Regional de Educação Sexual em Saúde Escolar, desenvolvido pela Administração Regional de Saúde do Norte, I.P. através do seu Departamento de Saúde Pública da Área Funcional de Promoção e Proteção da Saúde, integrando a operacionalização do Programa Nacional de Saúde Escolar e tendo por base uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação. Este programa de saúde pública preconiza a Educação Integral da Sexualidade, que se desenvolve por meio de um trajeto curricular concebido para ensinar e aprender os aspetos cognitivos, emocionais, físicos e sociais da sexualidade. Recentemente a UNESCO publicou as novas orientações técnicas internacionais sobre Educação Integral da Sexualidade, com enfoque baseado na evidência, oferecendo uma nova definição e evolução de conteúdos, o PRESSE desenvolveu-se em alinhamento com essas orientações.

Objetivos

- Adquirir conhecimentos sobre Sexualidade Humana e Educação Integral da Sexualidade - Desenvolver competências pedagógicas em Educação Sexual

Conteúdos

• Sexualidade, direitos da vida humana • Vida familiar e relacionamentos interpessoais saudáveis e respeitosos • Valores pessoais e compartilhados • Normas culturais e sociais • Igualdade de género • Não discriminação • Comportamentos sexuais • Violência e violência de género • Consentimento e integridade corporal • Abuso e práticas sexuais prejudiciais

Metodologias

Este curso, com um total de 28 horas presenciais conjuntas, desenvolver-se-á tendo por base sessões teórico-práticas abordando os princípios e conhecimentos inerentes à temática, mas com uma vertente de reflexão/discussão que enriqueça e empodere os/as docentes e educadores/as preparando-os/as pedagogicamente para a abordagem do PRESSE em contexto educativo, tendo em conta que o Programa irá utilizar um leque diverso de dinâmicas interativas, participativas e centradas nos/as alunos/as, alinhadas com os objetivos de aprendizagem, que permitirão que estes/as interiorizem e integrem as informações e desenvolvam competências (conhecimentos, atitudes, habilidades), e "adotem comportamentos que promovam a saúde e o bem-estar" (PASEO).

Avaliação

De acordo com o RJFC – DL 22/2014, de 11 de fevereiro - e nos termos dos nºs 5 e 6, do artigo 4.º do Despacho 4595/2015, de 6 de maio, a avaliação dos formandos é expressa numa classificação quantitativa na escala de 1 a 10 valores, de acordo com as menções definidas no ponto 6 do mesmo diploma, tendo por base um Relatório Final de Avaliação como trabalho final. É atribuída com base nos indicadores abaixo apresentados e respetiva ponderação: a) Participação – 40% b) Trabalho final – 60%

Bibliografia

UNESCO (2019). Orientações técnicas internacionais de educação em sexualidade. Uma abordagem baseada em evidências. UNFPA (2014). Operational guidance for comprehensive sexuality education: a focus on human rights and gender. New York, 2014 Wight, D. (2011). The effectiveness of school-based sex education: what do rigorous evaluations in Britain tell us? Education and Health, v. 29, n. 4, p. 72-78, 2011. LEI N.º 60/2009 DE 6 DE AGOSTO - Estabelece o regime de aplicação da educação sexual em meio escolar.• PORTARIA N.º 196-A/2010 DE 9 DE ABRIL

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 09-04-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
2 10-04-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
3 11-04-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
4 16-04-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
5 17-04-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
6 18-04-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
7 24-04-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
8 30-04-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
9 07-05-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
10 14-05-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial

Ref. 1963 Diogo Cão Concluída

Registo de acreditação: PND_A2

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 28.0 horas

Início: 09-04-2024

Fim: 14-05-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Diogo Cão

Formador

Vanessa dos Santos Cardoso Monteiro

Carlos Alberto Simão Alves

Destinatários

Pessoal Não Docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Objetivos

- Adquirir conhecimentos sobre Sexualidade Humana e Educação Integral da Sexualidade - Desenvolver competências pedagógicas em Educação Sexual


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 09-04-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
2 10-04-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 20:30 2:30 Presencial
3 11-04-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
4 16-04-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
5 17-04-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
6 18-04-2024 (Quinta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
7 24-04-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 20:00 2:00 Presencial
8 30-04-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
9 07-05-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial
10 14-05-2024 (Terça-feira) 16:30 - 20:00 3:30 Presencial

Ref. 258T1 - Rodo Concluída

Registo de acreditação: DGAE/1124/2024

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 04-04-2024

Fim: 05-04-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Profissional de Desenvolvimento Rural do Rodo

Formador

Sérgio Alexandre Ramalho Marado Lancinha

Destinatários

Pessoal Não Docente.

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Enquadramento

odas as formas de violência escolar violam o direito fundamental à educação e nenhum país pode atingir uma educação inclusiva e de qualidade se os alunos estiverem expostos à violência. Acresce que, a violência escolar, onde se enquadram o bullying e o ciberbullying, pode ainda afetar seriamente a saúde e o bem-estar das crianças e dos adolescentes, com consequências negativas que podem persistir até à idade adulta.De acordo com as Nações Unidas, a prática do Bullying e/ou Ciberbullying afeta uma em cada 3 crianças/jovens.No ano letivo 2019//2020 o Ministério da Educação decidiu impulsionar um “Plano de Prevenção e Combate ao Bullying e ao Ciberbullying” nas escolas. Este plano tem associada a campanha “Escola Sem Bullying. Escola Sem Violência”, com vista à promoção da utilização de diferentes abordagens de prevenção e intervenção, face ao bullying e ao ciberbullying.Neste sentido a presente ação pretende oferecer o seu contributo para os objetivo traçados pelo referido plano. É Fundamental nos dias de hoje que todos os elementos da comunidade educativa conheçam a problemática do Bullying e Ciberbullying, sabendo identificar e responder de forma pronta a todo e qualquer episódio que atente contra a segurança e bem-estar de cada um dos elementos da comunidade.É na identificação o mais breve e na intervenção imediata e mais assertiva dos casos de bullying que reside o sucesso da mesma e a promoção do bem-estar de todos os agentes do espaço educativo.

Objetivos

Compreender os conceitos de Bullying e Ciberbullying;Descrever Diferentes Tipos de Violência; Identificar os diferentes tipos de violência em contexto escolar (e.g. Bullying; Ciberbullying; Violência; Provocação);Compreender os fatores associados ao Bullying e a outras formas de violência: Fatores Individuais; Fatores Sociais; Fatores Familiares; Fatores escolares;Perceber a relação entre as perturbações do comportamento e a Delinquência;Analisar as relações entre as competências sociais e o desajustamento Social;Compreender as Estratégias de Prevenção e Intervenção: Intervenções na área da prevenção da violência; Treino de Gestão Parental; Treino Cognitivo de Solução de Problemas; Tratamento Multi-Sistémico);Compreender as Intervenções baseadas no Desenvolvimento de Competências: Intervenções Comunitárias; Trabalho em parceria; Intervenções em Contexto Escolar e suas implicações; Fornecer oportunidades de reflexão e sugestões de atuação no domínio do Bullying e do Ciberbullyin

Conteúdos

1- Apresentação (1 hora)2- Descrever Diferentes Tipos de Violência; (1 hora)3- Compreender os conceitos de Bullying e Ciberbullying (1 hora)4- Identificar os diferentes tipos de violência em contexto escolar (e.g. Bullying; Ciberbullying; Violência; Provocação) (2 horas); 5- Compreender os fatores associados ao Bullying e a outras formas de violência: Fatores Individuais; Fatores Sociais; Fatores Familiares; Fatores escolares; (2 hora). 6- Perceber a relação entre as perturbações do comportamento e a Delinquência (1 hora); 7- Analisar as relações entre as competências sociais e o desajustamento Social (1hora); 8- Compreender as Estratégias de Prevenção e Intervenção: Intervenções na área da prevenção da violência; Treino de Gestão Parental; Treino Cognitivo de Solução de Problemas; Tratamento Multi-Sistémico) (2 hora); 9- Compreender as Intervenções baseadas no Desenvolvimento de Competências: Intervenções Comunitárias; Trabalho em parceria; Intervenções em Contexto Escolar e suas implicações (2 hora); 10- Fornecer oportunidades de reflexão e sugestões de atuação no domínio do Bullying e do Ciberbullying (1 hora); 11- Avaliação (1hora)

Avaliação

Avaliação Quantitativa - Avaliação Qualitativa - Ponderação participação: 60%; Ponderação assiduidade: 10%; Ponderação testes/trabalhos escritos: 30%

Modelo

Questionário a preencher pelos formandos para avaliar a ação; Questionário a preencher pelos formadores para avaliar a ação; Relatório final da entidade formadora; Relatório final do formador.

Bibliografia

Bullying e Ciberbullying. O que fazemos com o que fazem Conosco? (Maldonado., M. 2011)Manual Antibullying - Para Alunos, Pais e Professores (Teixeira, G., 2011);Prevenção da Violência e do Bullying em Contexto Escolar (Carvalhosa. S., 2010)

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 04-04-2024 (Quinta-feira) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial
2 04-04-2024 (Quinta-feira) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial
3 05-04-2024 (Sexta-feira) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial
4 05-04-2024 (Sexta-feira) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial

Ref. 260_AEMT A Concluída

Registo de acreditação: DGAE/1170/2024

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 25.0 horas

Início: 02-04-2024

Fim: 05-04-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Miguel Torga

Formador

José Paulo da Costa Tavares

Destinatários

Pessoal não docente;

Acreditado pelo

DGAE - Direção-Geral da Administração Escolar

Enquadramento

Em função do plano de atividades: A formação e certificação de Pessoal Não Docente correspondem ao reconhecimento que, no âmbito do PTD, é feito sobre a necessidade de investimento no capital social e humano como forma de responder aos objectivos de modernização da escola em Portugal. A escola, enquanto organização social, apresenta uma complexidade natural própria. No âmbito organizacional as Tecnologias de Informação e Comunicação. (TIC) têm vindo a assumir um papel cada vez mais influente, sendo notória uma evolução permanente nos paradigmas relacionados com a sua utilização Constituindo um imperativo que a escola acompanhe e, até, lidere o desenvolvimento verificado nas outras áreas e contextos da vida em sociedade e a par dos recursos disponibilizados, faz sentido, de facto, preparar convenientemente os agentes educativos para usarem regularmente e poderem tirar partido das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) nas suas actividades profissionais. Em função dos destinatários: O curso pretende proporcionar ao pessoal não docente a aquisição de competências essenciais para a sua actividade profissional de modo a que, no final, possua conhecimentos, capacidades e valores que lhe permitam realizar actividades como: • Aceder e usar informação pertinente. • Conhecer as diferentes funcionalidades dos processadores de texto que lhe permitam elaborar materiais com utilidade para a sua actividade profissional. • Estabelecer diferentes tipos de comunicação e interacção através da Internet com outras pessoas, utilizando ferramentas adequadas. • Fazer tratamento de imagem em formato digital de forma a facilitar o uso das mesmas em recursos e materiais pedagógicos. • Utilizar a folha de cálculo para construção de instrumentos de organização de informação.

Objetivos

• Abordar os elementos básicos do computador e periféricos, bem como as respectivas funções, e, também a terminologia básica do sistema operativo. • Promover a elaboração, organização, armazenamento e transferência de informação em formato digital. • Estimular a pesquisa na Internet a partir da identificação de objectivos e recursos relevantes para a sua área profissional. • Saber avaliar a qualidade e credibilidade das fontes e da informação pesquisada. • Estimular comportamentos que melhorem a segurança dos sistemas (usar anti-vírus, firewall, entre outros). • Promover a utilização das principais funcionalidades de um processador de texto na produção de materiais para a sua actividade profissional.

Conteúdos

1. Organização e planeamento da acção 2. Acesso e uso de informação em formato digital - Ligar e desligar o computador e conectar alguns periféricos; Criar, copiar, transferir, renomear e gerir documentos e pastas; Aceder à Internet; Usar de forma básica os navegadores – navegar, armazenar, guardar favoritos, localizar e imprimir informação; Pesquisar com um motor de busca ou em directórios. 3. Escrita em formato digital - Escrever um texto e formatá-lo; Usar um corrector ortográfico; Utilizar as funcionalidades de sinonimia na escrita; Reorganizar um texto desorganizado. 4. Introdução à comunicação através de meios digitais - Utilizar um sistema de mensagens instantâneas; Enviar mensagens de correio electrónico a um e a vários destinatários; Receber e imprimir uma mensagem por correio electrónico. 5. Organização e registo de dados numa folha de cálculo - Criar e formatar uma folha de cálculo; Introduzir e configurar informação; Utilizar fórmulas e funções simples para processar cálculos, com os operadores aritméticos, média, máximo, mínimo, …); Inserir gráficos. 6. Organização e criação de uma base de dados. 7. Segurança na internet - Regras de comunicação e comportamentos on-line; Protecção de dados e preservação de privacidade; Direito de autor e identificação das fontes. 8. Criação de apresentações - Utilizar e alterar uma apresentação predefinida; Elaborar uma apresentação; Formatar fundo e aplicar esquemas. 9. Avaliação - Preenchimento de questionário.

Avaliação

Avaliação Quantitativa - Ponderação participação: 30%; Ponderação assiduidade: 30%; Ponderação testes/trabalhos escritos: 40%

Modelo

Questionário a preencher pelos formandos para avaliar a ação; Questionário a preencher pelos formadores para avaliar a ação; Relatório final da entidade formadora; Relatório final do formador.

Bibliografia

Proposta de Recomendação do Parlamento Europeu e do Conselho sobre as competências chave para a aprendizagem ao longo da vida (2005). Bruchelas:COM. GEPE/ME. (2008). Competências TIC. Estudo de Implementação. Vol.1 Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. GEPE/ME. (2008). Competências TIC. Estudo de Implementação. Vol.2 Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Lisboa. Pág. 170-190. Rebelo, C. e Lopes, A. (2003), Pais e Filhos n@ Internet – Um Guia para a navegação on-line, Plátano, Lisboa. Segurança na Internet, http://www.seguranet.pt/index.php?section=5, consultado em 19.01.2008.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 02-04-2024 (Terça-feira) 09:00 - 12:30 3:30 Presencial
2 02-04-2024 (Terça-feira) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial
3 03-04-2024 (Quarta-feira) 09:00 - 12:30 3:30 Presencial
4 03-04-2024 (Quarta-feira) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial
5 04-04-2024 (Quinta-feira) 09:00 - 12:30 3:30 Presencial
6 04-04-2024 (Quinta-feira) 14:00 - 17:30 3:30 Presencial
7 05-04-2024 (Sexta-feira) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial

Ref. 246T 1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 10/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 5.0 horas

Início: 14-03-2024

Fim: 16-03-2024

Regime: b-learning

Local: None

Formador

Gastão Fernando Silva Sousa

José Alfredo Arruda Martins de Carvalho

Destinatários

Docentes do grupo de recrutamento 260 e 620.

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes do grupo de recrutamento 260 e 620.. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes do grupo de recrutamento 260 e 620..

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

A elaboração do Programa Estratégico do Desporto Escolar 2021-2025 (PEDE 21-25) pela Direção-Geral da Educação, veio dar um contributo importante para a criação de uma visão comum do que deve ser o objetivo de desenvolvimento do Desporto Escolar a nível nacional. A Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares e, nomeadamente no contexto regional, as Direções de Serviços Regionais, têm como responsabilidade assegurar a implementação a nível regional dos diversos programas, projetos e atividades do desporto escolar, em articulação com a Direção-Geral da Educação. No entanto, ao nível local, cada Agrupamento de Escolas ou Escolas não Agrupadas, possui caraterísticas específicas, dinâmicas próprias de funcionamento que importa integrar no planeamento da sua oferta desportiva extracurricular e, dessa forma, contribuir para a promoção dos princípios fundamentais do Desporto Escolar. Elemento-chave de todo este processo é o Coordenador do Clube do Desporto Escolar. Uma das suas principais responsabilidades é a elaboração do Plano do Clube de Desporto Escolar (PCDE), bem como o acompanhamento da sua execução e avaliação. A inexistência de um quadro de capacitação destes docentes para o exercício destas funções, torna necessário e urgente proporcionar a estes recursos humanos o conhecimento e ferramentas necessárias à inovação e desenvolvimento dos Clubes do Desporto Escolar, enquadrados nas linhas gerais orientadoras do Desporto Escolar.

Objetivos

1. Compreender os conceitos de problema, prioridade e objetivos no contexto da elaboração do PCDE; 2. Utilizar ferramentas adequadas para definir, delimitar e estimar o impacto dos problemas de gestão do CDE; 3. Conhecer e aplicar metodologias de criatividade e inovação na identificação de possíveis soluções para os problemas do CDE; 4. Implementar ferramentas de apoio à tomada de decisão no âmbito do PCDE.

Conteúdos

1. A estrutura do Plano do Clube do Desporto Escolar. 2. Como definir, delimitar e estimar o impacto dos problemas na gestão do Clube do Desporto Escolar. 3. O que é um problema, como definir prioridades e objetivos operacionais no âmbito do Plano do Clube do Desporto Escolar. 4. Criatividade e inovação – pensar “fora da caixa” na gestão do Clube do Desporto Escolar. 5. O envolvimento dos grupos de interessados no processo de tomada de decisão sobre o Plano do Clube do Desporto Escolar.

Metodologias

A metodologia a utilizar é a aprendizagem baseada na resolução de problemas, em que os formandos passam pelas seguintes fases: 1) Definir o(s) problema(s) no contexto dos CDE; 2) Oportunidade para criar e inovar nas soluções, aplicando ferramentas de criatividade e inovação; 3) Identificar a(s) melhor(es) solução(ões) através de técnicas de tomada de decisão, e 4) Transformar, através da definição de planos de ação. O trabalho realizado pelos formandos será colaborativo e cooperativo, interagindo constantemente, de forma a criar diferentes perspetivas e encontrar as melhores soluções para os seus casos práticas de gestão dos Clubes de Desporto Escolar.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 14-03-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
2 16-03-2024 (Sábado) 11:00 - 13:30 2:30 Presencial

Ref. 247T 1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 11/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 5.0 horas

Início: 12-03-2024

Fim: 16-03-2024

Regime: b-learning

Local: None

Formador

Gastão Fernando Silva Sousa

José Alfredo Arruda Martins de Carvalho

Destinatários

Docentes do grupo de recrutamento 260 e 620.

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes do grupo de recrutamento 260 e 620.. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Docentes do grupo de recrutamento 260 e 620..

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

A elaboração do Plano do Clube de Desporto Escolar (PCDE), bem como o acompanhamento da sua execução e avaliação, é uma das funções mais importantes de todos os professores de Educação Física do Agrupamento de Escolas ou Escola Não Agrupada. Mesmo que não tenham horas letivas atribuídas no contexto de um projeto de Desporto Escolar, a realização de atividade interna e a participação nos eventos ou decisões do grupo disciplinar, faz com que o seu envolvimento na execução do PCDE seja fundamental par ao sucesso das iniciativas. A inexistência de um quadro de capacitação destes docentes no domínio da gestão operacional das atividades do Desporto Escolar, torna necessário e urgente proporcionar a estes recursos humanos o conhecimento e ferramentas necessárias à implementação dessas ações e o seu enquadramento nas linhas gerais orientadoras do Desporto Escolar.

Objetivos

1. Compreender os conceitos de tarefa, projeto, programa e portfolio no contexto de um PCDE; 2. Saber estruturar e planear as tarefas de um projeto, delegar tarefas, realizar o seu acompanhamento e definir indicadores de desempenho; 3. Conhecer e aplicar ferramentas de automação de tarefas no contexto da execução de projetos do PCDE; 4. Implementar sistemas que garantam a melhoria dos processos e a codificação do conhecimento produzido, bem com a sua acessibilidade.

Conteúdos

1. Tarefas, projeto, programa e portfolio – a cadeia de criação de valor no âmbito de um CDE. 2. Planeamento de tarefas, indicadores de desempenho e estratégias de acompanhamento em projetos do CDE. 3. Gestão do tempo e prioridades – estratégias e ferramentas de melhoria da produtividade. 4. Deixar um legado – como criar sistemas que promovam a evolução do conhecimento e práticas de gestão no CDE.

Metodologias

A metodologia a utilizar é a aprendizagem baseada na resolução de problemas, em que os formandos passam pelas seguintes fases: 1) Identificar o projeto, o problema que ele procura resolver, os objetivos e equipa; 2) Realizar uma estrutura das etapas e tarefas necessárias para garantir o objetivo pretendido; 3) Utilizar as ferramentas tecnológicas mais adequadas às caraterísticas do projeto, das tarefas e da equipa; e 4) Organizar e garantir a acessibilidade e transmissão do conhecimento adquirido.

Avaliação

A ação de formação será monitorizada e avaliada a partir de informação recolhida por diversos instrumentos: 1- Inquérito por questionário aos formandos com o objetivo de obter feedback. 2- Inquérito por questionário ao formador com o objetivo de obter feedback 3 - Relatório circunstanciado do desenvolvimento da ação elaborado pelo formador e pelos formandos.

Bibliografia

Direção-Geral da Educação (2021). Programa Estratégico do Desporto Escolar 2021-2025. Disponível em https://desportoescolar.dge.mec.pt/sites/default/files/programa_estrategico_de_2021_2025.pdf Direção-Geral da Educação (2023). Regulamento de provas e competições do Desporto Escolar 2023-2025. Disponível em https://desportoescolar.dge.medu.pt/artigo/regulamento-de-provas-e-competicoes-do-desporto-escolar-2023-2025 Direção-Geral da Educação (2023). Regulamento Geral de Funcionamento do Desporto Escolar 2023-2024. Disponível em: https://desportoescolar.dge.medu.pt/sites/default/files/RepositorioDocumentos/2023/regulamento-geral-de-funcionamento-do-desporto-escolar20232024.pdf Olson, R.W. (1986). The Art of Creative Thinking. New York: Harpercollins Project Management Institute (Ed.). (2021). The standard for project management and a guide to the project management body of knowledge (PMBOK guide) (Seventh edition). Project Management Institute, Inc.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 12-03-2024 (Terça-feira) 18:30 - 21:00 2:30 Online síncrona
2 16-03-2024 (Sábado) 08:30 - 11:00 2:30 Presencial

Ref. 248T 1-S.Pedro Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 12/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 21-02-2024

Fim: 21-02-2024

Regime: e-learning

Local: Escola Secundária S. Pedro( ON-LINE)

Formador

Vanessa dos Santos Cardoso Monteiro

Destinatários

Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 21-02-2024 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona

Ref. 250T1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 13/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 21-02-2024

Fim: 21-02-2024

Regime: Presencial

Local: Auditório da Escola Secundária São Pedro

Formador

Teresa Maria Morais

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Objetivos

- Divulgar junto da Comunidade Educativa o Projeto WAY (Quem te viu e quem te vê! – Promover a aprendizagem autorregulada dos alunos nas aulas através da observação entre pares); - Compreender a importância da autorregulação da aprendizagem no desenvolvimento do pensamento crítico; - Partilhar as experiências das escolas participantes no projeto.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 21-02-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 251T 1-S. Pedro Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 14/2024_2

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 21-02-2024

Fim: 21-02-2024

Regime: e-learning

Local: Escola Secundária S. Pedro

Formador

Vanessa dos Santos Cardoso Monteiro

Destinatários

Pessoal Não Docente - Psícologos

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 21-02-2024 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Online síncrona

Ref. 2401 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 04/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 20-02-2024

Fim: 20-02-2024

Regime: Presencial

Local: Centro Escolar de Lordelo (auditório)

Formador

Ana Luísa Couto de Almeida Santos

Vanessa dos Santos Cardoso Monteiro

Jacinto de Almeida Gomes

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo dos Agrupamentos de Escolas de Diogo Cão e Morgado de Mateus.

Releva

No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente. Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo dos Agrupamentos de Escolas de Diogo Cão e Morgado de Mateus.. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

As dificuldades de aprendizagem podem ser secundárias a patologia do neurodesenvolvimento. A sua suspeita e o conhecimento da evolução clínica permite iniciar atempadamente a intervenção e delinear melhor os apoios educativos e o percurso académico dos alunos. O esclarecimento das particularidades de algumas perturbações pode facilitar a atividade dos profissionais envolvidos no processo educativo.

Conteúdos

Temas: Perturbação do Espetro do Autismo (PEA), Perturbação de Défice de Atenção e Hiperatividade (PDAH) e Perturbações específicas de aprendizagem.

Metodologias

Apresentações teóricas, esclarecimento de dúvidas e discussão de casos práticos.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 20-02-2024 (Terça-feira) 16:30 - 19:30 3:00 Presencial

Ref. 242T 1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 6/2024_2

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 20-02-2024

Fim: 20-02-2024

Regime: Presencial

Local: Centro Escolar de Lordelo (auditório)

Formador

Ana Luísa Couto de Almeida Santos

Vanessa dos Santos Cardoso Monteiro

Jacinto de Almeida Gomes

Destinatários

Psicologos, Educadores Sociais dos Agrupamentos de Escolas Diogo Cão e Morgado de Mateus.

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

As dificuldades de aprendizagem podem ser secundárias a patologia do neurodesenvolvimento. A sua suspeita e o conhecimento da evolução clínica permite iniciar atempadamente a intervenção e delinear melhor os apoios educativos e o percurso académico dos alunos. O esclarecimento das particularidades de algumas perturbações pode facilitar a atividade dos profissionais envolvidos no processo educativo.

Conteúdos

Temas: Perturbação do Espetro do Autismo (PEA), Perturbação de Défice de Atenção e Hiperatividade (PDAH) e Perturbações específicas de aprendizagem.

Metodologias

Apresentações teóricas, esclarecimento de dúvidas e discussão de casos práticos.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 20-02-2024 (Terça-feira) 16:30 - 19:30 3:00 Presencial

Ref. 153T4 - S. Pedro Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-113512/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 08-02-2024

Fim: 14-03-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária S. Pedro

Formador

Carlos Alberto Simão Alves

Destinatários

Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores da Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância e Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores da Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

['Verifica-se que a grande maioria do pessoal docente não está preparado para lidar com este tipo\r\nde ocorrências, desconhecendo muitas vezes como prestar devidamente os primeiros socorros.\r\nPreparar tecnicamente este pessoal para um atendimento mais imediato e eficaz de uma criança\r\nacidentada na escola ou vítima de doença súbita, através da aquisição de conhecimentos na área\r\nde primeiros socorros é por isso deveras importante.\r\nDeverão então os professores estar preparados para prestar os primeiros socorros na escola, não\r\ndescorando também a necessidade de estarem alerta para as condições e fatores de prevenção\r\ndos mesmos e assim adquirir uma cultura de segurança para a qual se deve estar']

Objetivos

['\x95 Adquirir conhecimentos na área de Primeiros Socorros;\r\n\x95 Promover a segurança, de modo a prevenir os acidente s;\r\n\x95 Desenvolver competências de resposta a situações de acidente e/ou doença súbita.']

Conteúdos

1 \x96 SISTEMA INTEGR ADO DE EMERGÊNCIA MÉDICA\r\nTempo: 30\x92\r\n2 \x96 PRINCI PIOS GERAIS DO SOCORRISMO E PLANO DE ACÇÃO DO SOCORRISTA\r\nTempo: 60\x92\r\n3 \x96 SUPOR TE BÁSICO DE VIDA\r\nTempo: 180\x92\r\n4 \x96 ASFIXIA : ALGORITMO DE DESOBSTRUÇÃO DA VIA AÉREA\r\nTempo: 30\x92\r\n5 \x96 CHOQU E: CAUSAS E PRIMEIRO SOCORRO\r\nTempo: 30\x92\r\n6 \x96 HEMOR RAGIAS, FERIDAS E QUEIMADURAS\r\nTempo: 90\x92\r\n7 \x96 INTOXI CAÇÕES E PICADAS DE INSETOS\r\nTempo: 60\x92\r\n8 \x96 ACIDEN TES COM ELECTRICIDADE\r\nTempo: 30\x92\r\n9 \x96 LESÕE S MUSCULARES, ARTICULARES E ÓSSEAS\r\nTempo: 90\x92\r\n10 \x96 ALTER AÇÕES DE CONHECIMENTO, DOENÇAS CRÓNICAS E AVC\r\nTempo: 60\r\n11- SEGUR ANÇA E BEM-ESTAR NAS ESCOLAS\r\nTempo: 60\x92\r\n12 - BANCA PRÁTICA DE AVALIAÇÃO\r\nTempo: 180\x92

Metodologias

['Aulas teórico-práticas, com recurso a m etodologias participativas.']

Avaliação

['Assiduidade e participação 40%\r\nTrabalho produzido 60%\r\nResposta a um questioná rio elaborado para o efeito e avaliação do desempenho na banca prática.\r\nOs formandos serão avaliados utilizando a tabela de 0 a 10 valores, conforme indicado na Carta Ci rcular\r\nCCPFC \x96 3/2007 \x96 Setembro de 2007, utilizando os parâmetros de avaliação.']

Bibliografia

üINEM (2012). Emergências médicas: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108171804724961.pdfüINEM (2012).Abordagem á vitima: Manual TAS/TAT. Instituto Nacional de Emergência Médica.http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108170327548015.pdfüINEM (2012). Emergências Trauma: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/2014010817232160071.pdfüINEM (2012). Normas e emergências pediátricas e obstétricas: Manual TAS. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108172029436503.pdfüINEM (2013). SIEM: Sistema Integrado de Emergência Médica. Instituto Nacional de Emergência Médica. http://www.inem.pt/files/2/documentos/20140108162916460041.pdf


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 08-02-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
2 15-02-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
3 20-02-2024 (Terça-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
4 22-02-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
5 27-02-2024 (Terça-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
6 29-02-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
7 05-03-2024 (Terça-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
8 07-03-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
9 12-03-2024 (Terça-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial
10 14-03-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:00 1:30 Presencial

Ref. 2391 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 03/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 07-02-2024

Fim: 10-04-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Formador

Paulo Jorge Teixeira Sá Menezes

Destinatários

Professores do grupo 620

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo 620. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo 620.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 07-02-2024 (Quarta-feira) 16:30 - 18:30 2:00 Presencial
2 20-02-2024 (Terça-feira) 16:30 - 18:30 2:00 Presencial
3 10-04-2024 (Quarta-feira) 16:30 - 18:30 2:00 Presencial

Ref. 2411 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 05/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 07-02-2024

Fim: 07-02-2024

Regime: Presencial

Local: On-line (Plataforma Teams)

Formador

José Artur Martins de Matos

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

A utilização da imagem pode ser particularmente importante na comunicação de uma ideia, na apresentação de um trabalho, na ilustração de determinado tema/assunto ou mesmo como elemento de análise em si. No entanto, vemos muitas vezes como as imagens são utilizadas de forma pouco pensada e sobretudo mal aplicadas técnica e esteticamente. No âmbito do programa da Rede de Bibliotecas Escolares (RBE), “Aprender com a Biblioteca Escolar” (AcBE), levamos a cabo esta ação no sentido de contribuir e capacitar os docentes para um maior conhecimento técnico, estético e de edição de imagem. De uma forma mais alargada, contribuir para o aprofundamento do conhecimento sobre literacia dos média.

Objetivos

• Apresentar aos docentes ferramentas e procedimentos que permitam uma maior capacitação no trabalho com imagens; • Dar a conhecer formas de utilização de conteúdos Web sem violar os direitos de autor, nomeadamente através da utilização da Licença Creative Commons; • Conhecer e experimentar algumas ferramentas “open source” para o trabalho com imagens; • Potenciar a ação das bibliotecas escolares contribuindo para a formação dos docentes.

Conteúdos

• As características da imagem digital • Resolução de imagem • Modelos de cor • Formatos de imagem • Utilizar e preparar imagens para ecrã e para impressão • Soluções para envio de imagens • Direitos de autor • Sugestões de software e recursos de utilização gratuita. • Introdução à edição de imagem

Modelo

Questionário de satisfação por resposta on-line, a submeter até 2 dias após a realização da ACD

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 07-02-2024 (Quarta-feira) 18:00 - 21:00 3:00 Online síncrona

Ref. 243T 1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 7/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 07-02-2024

Fim: 17-04-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus

Formador

Paula Cristina Esteves Morais

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente. Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Objetivos

- Adquirir conhecimentos sobre alergia alimentar - Reconhecer sinais e sintomas de anafilaxia - Atuar perante reação anafilática

Conteúdos

Alergia alimentar na escola Procedimentos, preventivos e de atuação emergente Alergia alimentar sintomas Quando pode acontecer Como prevenir Anafilaxia Como reconhecer Atuação de emergência Como usar kit de emergência

Metodologias

Esta formação com um total de 6 horas presenciais conjuntas desenvolver-se-á tendo por base sessão teórico-prática abordando princípios e conhecimentos inerentes á temática com reflexão e discussão que enriqueça e capacite os docentes para reconhecer e atuar em caso de emergência.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 07-02-2024 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial
2 17-04-2024 (Quarta-feira) 17:00 - 20:00 3:00 Presencial

Ref. 244T 1-S. Pedro Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 8/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 07-02-2024

Fim: 07-02-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária S. Pedro

Formador

Paula Maria Fidalgo Fonseca Matias

Teresa Maria Morais

Maria Paula Monteiro Guedes

Destinatários

Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância; Professores do 1º Ciclo; Professores do 2º Ciclo; Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

Dar cumprimento ao estabelecido no Plano Plurianual de Atualização e Formação Contínua da Escola Secundária São Pedro – biénio 2023-2025 onde se propõe que, de forma a fomentar uma cultura de participação e de interação com o meio envolvente, serão dinamizados encontros pedagógicos em momentos marcantes durante o ano letivo, organizando e dinamizando ações de capacitação, atividades e projetos no âmbito da promoção do bem-estar e de aspetos de caráter mais científico e pedagógico. Esta formação pretende-se que seja mobilizadora das sinergias de todos os docentes enquanto agentes potenciadores de uma escola de sucesso pleno.

Objetivos

Melhorar a qualidade das práticas pedagógicas; Formar os elementos da comunidade educativa; Garantir uma formação e atualização do corpo docente adequadas às necessidades.

Avaliação

Inquérito de satisfação.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 07-02-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial

Ref. 2352 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 01/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 31-01-2024

Fim: 31-01-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus

Formador

Cátia Liliana Pimenta Valéria

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

O Perfil dos Alunos, em articulação com as Aprendizagens Essenciais, implica novas abordagens pedagógicas, pelo que esta ação surge da necessidade de partilhar experiências no âmbito da gestão do currículo com recurso a tecnologias digitais. Considerando que “Educar no século XXI exige a perceção de que é fundamental conseguir adaptar-se a novos contextos e novas estruturas, mobilizando as competências, mas também estando preparado para atualizar conhecimento e desempenhar novas funções” (DGE, 2017, p. 13), pretende-se que, nesta ação, sejam partilhadas experiências educativas baseadas na diferenciação pedagógica ao nível de mudanças em metodologias com recurso a tecnologias digitais e aprendizagem colaborativa.

Objetivos

- Familiarizar os participantes com a IA e seu papel na educação; - Apresentar aplicações/ferramentas de IA e discutir as suas possíveis aplicações em sala de aula; - Compreender as potencialidades de metodologias colaborativas com recurso a tecnologias digitais e à IA no desenvolvimento de competências fundamentais para o século XXI, previstas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e nas Aprendizagens Essenciais; - Promover a utilização de estratégias de aprendizagem ativa, colaborativa e inclusiva com recurso às tecnologias digitais e à IA com o objetivo de incrementar o envolvimento dos alunos e a qualidade das aprendizagens.

Conteúdos

- Breve introdução à Inteligência Artificial (IA) e o seu papel na educação. - Discussão sobre como a IA pode transformar a forma de ensinar e aprender. - Apresentação de algumas ferramentas de IA, as suas funcionalidades e como podem ser utilizadas em contexto de sala de aula. - Abordagem de metodologias com recurso a tecnologias e à Inteligência artificial no desenvolvimento de competências fundamentais para o século XXI. - Exploração técnica e pedagógica de aplicações/ ferramentas de IA; - Discussão sobre os desafios e oportunidades da IA na educação.

Modelo

Questionário de satisfação por resposta on-line, a submeter até 2 dias após a realização da ACD

Bibliografia

Coelho, H. (1995). Inteligência Artificial em 25 lições, Fundação Calouste Gulbenkian. Costa, E. & Simões, A. (2004). Inteligência Artificial, Fundamentos e Aplicações, FCA. Genesereth, M. & Nilsson, J. (1987). Logical Foundation of Artificial Intelligence. Morgan Kaufmann Publishers, Inc. Mitchell, T. (1997). Machine Learning, McGraw-Hill OpenAI. (2023). ChatGPT (versão de 14 de dezembro) [Modelo de linguagem amplo]. https://chat.openai.com/chat

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 31-01-2024 (Quarta-feira) 16:30 - 19:30 3:00 Presencial

Ref. 2451 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 9/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 31-01-2024

Fim: 31-01-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Miguel Torga - Sabrosa

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 31-01-2024 (Quarta-feira) 16:00 - 19:00 3:00 Presencial

Ref. 2381 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 02/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 6.0 horas

Início: 24-01-2024

Fim: 28-02-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Formador

Paulo Jorge Teixeira Sá Menezes

Destinatários

Professores do grupo 620

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo 620. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do grupo 620.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 24-01-2024 (Quarta-feira) 13:15 - 15:15 2:00 Presencial
2 31-01-2024 (Quarta-feira) 13:15 - 15:15 2:00 Presencial
3 28-02-2024 (Quarta-feira) 13:15 - 15:15 2:00 Presencial

Ref. 2351 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 01/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 17-01-2024

Fim: 17-01-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus

Formador

Cátia Liliana Pimenta Valéria

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Enquadramento

O Perfil dos Alunos, em articulação com as Aprendizagens Essenciais, implica novas abordagens pedagógicas, pelo que esta ação surge da necessidade de partilhar experiências no âmbito da gestão do currículo com recurso a tecnologias digitais. Considerando que “Educar no século XXI exige a perceção de que é fundamental conseguir adaptar-se a novos contextos e novas estruturas, mobilizando as competências, mas também estando preparado para atualizar conhecimento e desempenhar novas funções” (DGE, 2017, p. 13), pretende-se que, nesta ação, sejam partilhadas experiências educativas baseadas na diferenciação pedagógica ao nível de mudanças em metodologias com recurso a tecnologias digitais e aprendizagem colaborativa.

Objetivos

- Familiarizar os participantes com a IA e seu papel na educação; - Apresentar aplicações/ferramentas de IA e discutir as suas possíveis aplicações em sala de aula; - Compreender as potencialidades de metodologias colaborativas com recurso a tecnologias digitais e à IA no desenvolvimento de competências fundamentais para o século XXI, previstas no Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória e nas Aprendizagens Essenciais; - Promover a utilização de estratégias de aprendizagem ativa, colaborativa e inclusiva com recurso às tecnologias digitais e à IA com o objetivo de incrementar o envolvimento dos alunos e a qualidade das aprendizagens.

Conteúdos

- Breve introdução à Inteligência Artificial (IA) e o seu papel na educação. - Discussão sobre como a IA pode transformar a forma de ensinar e aprender. - Apresentação de algumas ferramentas de IA, as suas funcionalidades e como podem ser utilizadas em contexto de sala de aula. - Abordagem de metodologias com recurso a tecnologias e à Inteligência artificial no desenvolvimento de competências fundamentais para o século XXI. - Exploração técnica e pedagógica de aplicações/ ferramentas de IA; - Discussão sobre os desafios e oportunidades da IA na educação.

Modelo

Questionário de satisfação por resposta on-line, a submeter até 2 dias após a realização da ACD

Bibliografia

Coelho, H. (1995). Inteligência Artificial em 25 lições, Fundação Calouste Gulbenkian. Costa, E. & Simões, A. (2004). Inteligência Artificial, Fundamentos e Aplicações, FCA. Genesereth, M. & Nilsson, J. (1987). Logical Foundation of Artificial Intelligence. Morgan Kaufmann Publishers, Inc. Mitchell, T. (1997). Machine Learning, McGraw-Hill OpenAI. (2023). ChatGPT (versão de 14 de dezembro) [Modelo de linguagem amplo]. https://chat.openai.com/chat

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 17-01-2024 (Quarta-feira) 16:35 - 19:35 3:00 Presencial

Ref. 234T 1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 2023/23

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 09-01-2024

Fim: 09-01-2024

Regime: e-learning

Local: ON-Line

Formador

Ana Luísa Couto de Almeida Santos

Destinatários

Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores do 3º Ciclo/Ensino Secundário; Professores da Educação Especial;. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Programa Nacional de Saúde Escolar do ACES Douro Norte

Enquadramento

A promoção da saúde mental e a prevenção dos comportamentos suicidários é sublinhada nas principais estratégias e planos de ação de saúde mental, tanto a nível internacional como em Portugal (DGS, 2013, 2015). O contexto escolar assume-se como um contexto privilegiado para a implementação de ações e programas de promoção da saúde mental e de prevenção dos comportamentos suicidários, envolvendo toda a comunidade educativa (Brás, 2013; Granello & Granello, 2007; Katz et. al, 2013; Santos et al., 2021). Paralelamente, é reconhecido que a ideação suicida e os comportamentos suicidários são comuns em idade escolar e associam-se com frequência a perturbações psicológicas passíveis de serem identificadas nas escolas por qualquer elemento da comunidade educativa, e em particular pelos professores (Granello & Granello, 2007; Miller, 2011; Shaffer & Kipp, 2014). Neste sentido, as diretrizes internacionais e nacionais defendem a implementação de programas que contemplem ações formativas que visem o combate ao estigma acerca da doença mental e comportamentos suicidários, aumentar o conhecimento sobre fatores de risco e sinais de alarme associados ao suicídio, permitindo a identificação precoce de adolescentes em risco e a referenciação para a ajuda especializada (Brás & Santos, 2014; Pompili et al., 2011).

Objetivos

- Combater o estigma em saúde mental; - Esclarecer sobre os comportamentos suicidários na adolescência; - Contribuir para a identificação precoce de adolescentes em risco e sua referenciação para os cuidados de saúde; - Refletir sobre o papel da escola na promoção da saúde mental e prevenção dos comportamentos suicidários; - Apresentar o Programa Mais Contigo: aspetos metodológicos.

Conteúdos

- Adolescência - Depressão - Comportamentos suicidários na adolescência - Programa Mais Contigo.

Metodologias

Componente teórica com base na seguinte estratégia: Metodologia expositiva e ativa, através das técnicas pedagógicas: brainstorming, discussão em grupo, entre outras.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 09-01-2024 (Terça-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Online síncrona

Ref. 237T1 Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 2023/23_2

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 3.0 horas

Início: 09-01-2024

Fim: 09-01-2024

Regime: e-learning

Local: ON-LINE

Formador

Ana Luísa Couto de Almeida Santos

Destinatários

Pessoal não docente;

Certificado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Entidade formadora/Parceria

Programa Nacional de Saúde Escolar do ACES Douro Norte

Enquadramento

A promoção da saúde mental e a prevenção dos comportamentos suicidários é sublinhada nas principais estratégias e planos de ação de saúde mental, tanto a nível internacional como em Portugal (DGS, 2013, 2015). O contexto escolar assume-se como um contexto privilegiado para a implementação de ações e programas de promoção da saúde mental e de prevenção dos comportamentos suicidários, envolvendo toda a comunidade educativa (Brás, 2013; Granello & Granello, 2007; Katz et. al, 2013; Santos et al., 2021). Paralelamente, é reconhecido que a ideação suicida e os comportamentos suicidários são comuns em idade escolar e associam-se com frequência a perturbações psicológicas passíveis de serem identificadas nas escolas por qualquer elemento da comunidade educativa, e em particular pelos professores (Granello & Granello, 2007; Miller, 2011; Shaffer & Kipp, 2014). Neste sentido, as diretrizes internacionais e nacionais defendem a implementação de programas que contemplem ações formativas que visem o combate ao estigma acerca da doença mental e comportamentos suicidários, aumentar o conhecimento sobre fatores de risco e sinais de alarme associados ao suicídio, permitindo a identificação precoce de adolescentes em risco e a referenciação para a ajuda especializada (Brás & Santos, 2014; Pompili et al., 2011).

Objetivos

- Combater o estigma em saúde mental; - Esclarecer sobre os comportamentos suicidários na adolescência; - Contribuir para a identificação precoce de adolescentes em risco e sua referenciação para os cuidados de saúde; - Refletir sobre o papel da escola na promoção da saúde mental e prevenção dos comportamentos suicidários; - Apresentar o Programa Mais Contigo: aspetos metodológicos.

Conteúdos

- Adolescência - Depressão - Comportamentos suicidários na adolescência - Programa Mais Contigo.

Metodologias

Componente teórica com base na seguinte estratégia: Metodologia expositiva e ativa, através das técnicas pedagógicas: brainstorming, discussão em grupo, entre outras.

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 09-01-2024 (Terça-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Online síncrona

Ref. 2541 - Camilo Concluída

Registo de acreditação: CFAEvr-ACD 16/2024

Modalidade: Ação curta duração

Duração: 4.0 horas

Início: 08-01-2024

Fim: 12-01-2024

Regime: Presencial

Local: Escola Secundária Camilo Castelo Branco

Formador

Maria Adelaide Jordão da Costa

Destinatários

Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores do Ensino Básico, Secundário e Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira. No âmbito do Despacho n.º 4840/2023, publicado a 21 de abril, a ação de formação, pode relevar na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente.

Certificado pelo

CDCP - Conselho de Diretores da Comissão Pedagógica

Entidade formadora/Parceria

Centro de Formação de Associação de Escolas de Vila Real

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 08-01-2024 (Segunda-feira) 16:10 - 18:10 2:00 Presencial
2 12-01-2024 (Sexta-feira) 16:10 - 18:10 2:00 Presencial

Ref. 228T 1 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-121763/23

Modalidade: Curso de formação - Colóquios; congressos; simpósios; jornadas ou iniciativas congéneres

Duração: 25.0 horas

Início: 06-12-2023

Fim: 20-05-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus

Formador

Vítor Manuel de Sousa Nunes

Anabela Videira

Destinatários

Professores dos Grupos 510 e 520

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 510 e 520. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 510 e 520.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A atualização de temas atuais científicos por parte dos docentes das ciências físicas e naturais é de capital importância dada a velocidade com que se produz ciência nos tempos modernos. Assim, é premente que o professor de FQ e BG continue a acompanhar os desenvolvimentos científicos e tecnológicos e que possa pensar como evolui esse conhecimento e como ele é aplicado na sociedade atual. Neste sentido, contactar com o que de mais atual se faz em laboratórios, universidades, empresas, etc, pondo os docentes de ciências em contacto com investigadores, professores e pensadores, enriquece a formação de todos os professores de ciências e por inerência, a formação dos jovens alunos. Se a Ciência e a Tecnologia são um corpo de saberes importante, eles terão de ser um instrumento ao serviço da compreensão sobre o Mundo, quer na interpretação da evolução sofrida, quer na definição de cenários que permitam a mitigação de problemas, uns previsíveis como os decorrentes do esgotamento de matérias-primas, outros imprevisíveis resultantes de acidentes ou catástrofes. Os docentes são agentes de mudança junto dos seus alunos e possibilitam que esse diálogo e essa interpretação se faça.

Objetivos

Enumeram-se a seguir, os principais objetivos desta ação: -Apresentar várias perspetivas científicas de temas atuais da ciência e da tecnologia; -Promover um ambiente descontraído de conversas entre participantes, promovendo a socialização e troca de experiências, com envolvimento da comunidade académica e docentes sobre um tema da ciência. -Discutir e debater temas atuais da ciência e da tecnologia; -Aprender novos saberes e refletir nas novas valências da investigação científica; -Refletir sobre a evolução do conhecimento científico e tecnológico.

Conteúdos

: A ação desenrola-se ao longo de 5 conferências seguidas de debate. O público-alvo são os docentes do Departamento de Ciências Experimentais, dos grupos de Biologia-Geologia, grupo 520, e de Físico-Química, grupo 510, do agrupamento de escolas Morgado de Mateus Vila Real. A ação de formação inicia com uma sessão de cerca de duas horas para a apresentação dos formandos e formados e ainda da discussão da ação, do seu desenvolvimento e da sua avaliação. Cada conferência que se seguirá, terá uma duração aproximada de duas horas e meia (2 horas e 30 minutos) a que se segue uma hora e meia (1 hora e 30 minutos) para debate. O planeamento das atividades é a seguinte: -25 de outubro 2023- «A AGENDA 2030 PARA O DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: COMO A ESCOLA PODE AJUDAR A TRANSFORMAR O NOSSO MUNDO», pelo Prof. Dr Artur Sá, do departamento de Geologia da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro; -25 de novembro 2023- «A ENGENHARIA DA VOZ: UMA DIVAGAÇÃO ILUSTRADA PELA GERAÇÃO DE SOM E PELA AUDIÇÃO», pelo prof Aníbal João de Sousa Ferreira, da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto; -3 de janeiro de 2024- «COMPUTADORES QUÂNTICOS», pelo Investigador José Guimarães, Physics PhD, University of St. Andrews, St. Andrews e Max Planck Institute for Chemical Physics of Solids (Dresden, Alemanha); -10 março 2024- “Mecanismos responsáveis pela biogénese do RNAm para compreender melhor as doenças originadas por erros que afetam estes processos”, pela Profª Dra Maria do Carmo Fonseca, laureada com o prémio Pessoa 2010 (e numerosas outras distinções), do Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa; -10 maio 2024- «CAMINHADA QUÍMICA PELOS ESPAÇOS DE TORGA», pelo prof Dr Sérgio Rodrigues, do departamento de Química da Universidade de Coimbra. As jornadas têm uma sessão final de três horas para discussão da aplicabilidade dos temas tratados aos conteúdos programáticos/aprendizagens essenciais das respetivas disciplinas e ainda para avaliação final da formação.

Metodologias

O Curso têm como base a apresentação de temas científicos em uma série de conferências, recorrendo a metodologias ativas. Será promovido debate por forma a ser discutida a problemática em análise, e recorrentemente far-se-á sua interligação com os conteúdos programáticos nas respetivas disciplinas.

Avaliação

Os formandos serão avaliados de 1 a 10 com base na participação e na apresentação de cinco reflexões finais sobre cada um dos temas apresentados com o máximo de uma página (cada). Será criada uma sala de aula virtual no CLASSROOM onde todo o material da ação será disponibilizado.

Bibliografia

«ODS: ESTRATÉGIA METODOLÓGICA PARA A SUSTENTABILIDADE», de Nelson Cândido, Lisbon International Press, Data de publicação: 2021 «LIMITES DA CIÊNCIA», de Jorge Calado, Fundação Francisco Manuel dos Santos, 2021 «A Arte de Criar Paixão pela Ciência», Carlos Fiolhais, Editora Guerra e Paz, 2018

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 06-12-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 22:00 5:00 Presencial
2 13-12-2023 (Quarta-feira) 17:00 - 21:30 4:30 Presencial
3 03-01-2024 (Quarta-feira) 17:00 - 21:30 4:30 Presencial
4 20-03-2024 (Quarta-feira) 17:00 - 21:30 4:30 Presencial
5 08-05-2024 (Quarta-feira) 17:00 - 21:30 4:30 Presencial
6 20-05-2024 (Segunda-feira) 17:00 - 19:00 2:00 Presencial

Ref. 1686 Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-118440/22

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 28.0 horas

Início: 23-11-2023

Fim: 03-02-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas Morgado de Mateus

Formador

Jacinto de Almeida Gomes

Destinatários

Professores dos Ensinos Básico e Secundário

Releva

No âmbito da Portaria n.o 196-A/2010, publicada a 9 de abril, a ação de formação, releva na dimensão científico-pedagógica para a progressão da carreira docente. Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Ensinos Básico e Secundário. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

A Educação da Sexualidade tem um papel central na preparação de crianças e jovens para uma vida segura, produtiva e plena num mundo onde a desigualdade de género, a violência de género, o abuso sexual, as infeções sexualmente transmissíveis, a gravidez não planeada, ainda representam um sério risco para o seu bem-estar. Em Portugal, a educação sexual é de natureza obrigatória, estando contemplado na lei n.º 60/2009 e na portaria n. º196-A/2010, sendo o PRESSE um aliado na implementação da mesma, nas escolas da região Norte. O PRESSE é oPrograma Regional de Educação Sexual em Saúde Escolar, desenvolvido pela Administração Regional de Saúde do Norte, I.P. através do seu Departamento de Saúde Pública da Área Funcional de Promoção e Proteção da Saúde, integrando a operacionalização do Programa Nacional de Saúde Escolar e tendo por base uma parceria entre o Ministério da Saúde e o Ministério da Educação. Este programa de saúde pública preconiza a Educação Integral da Sexualidade, que se desenvolve por meio de um trajeto curricular concebido para ensinar e aprender os aspetos cognitivos, emocionais, físicos e sociais da sexualidade. Recentemente a UNESCO publicou as novas orientações técnicas internacionais sobre Educação Integral da Sexualidade, com enfoque baseado na evidência, oferecendo uma nova definição e evolução de conteúdos, o PRESSE desenvolveu-se em alinhamento com essas orientações.

Objetivos

- Adquirir conhecimentos sobre Sexualidade Humana e Educação Integral da Sexualidade - Desenvolver competências pedagógicas em Educação Sexual

Conteúdos

• Sexualidade, direitos da vida humana • Vida familiar e relacionamentos interpessoais saudáveis e respeitosos • Valores pessoais e compartilhados • Normas culturais e sociais • Igualdade de género • Não discriminação • Comportamentos sexuais • Violência e violência de género • Consentimento e integridade corporal • Abuso e práticas sexuais prejudiciais

Metodologias

Este curso, com um total de 28 horas presenciais conjuntas, desenvolver-se-á tendo por base sessões teórico-práticas abordando os princípios e conhecimentos inerentes à temática, mas com uma vertente de reflexão/discussão que enriqueça e empodere os/as docentes e educadores/as preparando-os/as pedagogicamente para a abordagem do PRESSE em contexto educativo, tendo em conta que o Programa irá utilizar um leque diverso de dinâmicas interativas, participativas e centradas nos/as alunos/as, alinhadas com os objetivos de aprendizagem, que permitirão que estes/as interiorizem e integrem as informações e desenvolvam competências (conhecimentos, atitudes, habilidades), e "adotem comportamentos que promovam a saúde e o bem-estar" (PASEO).

Avaliação

De acordo com o RJFC – DL 22/2014, de 11 de fevereiro - e nos termos dos nºs 5 e 6, do artigo 4.º do Despacho 4595/2015, de 6 de maio, a avaliação dos formandos é expressa numa classificação quantitativa na escala de 1 a 10 valores, de acordo com as menções definidas no ponto 6 do mesmo diploma, tendo por base um Relatório Final de Avaliação como trabalho final. É atribuída com base nos indicadores abaixo apresentados e respetiva ponderação: a) Participação – 40% b) Trabalho final – 60%

Bibliografia

UNESCO (2019). Orientações técnicas internacionais de educação em sexualidade. Uma abordagem baseada em evidências. UNFPA (2014). Operational guidance for comprehensive sexuality education: a focus on human rights and gender. New York, 2014 Wight, D. (2011). The effectiveness of school-based sex education: what do rigorous evaluations in Britain tell us? Education and Health, v. 29, n. 4, p. 72-78, 2011. LEI N.º 60/2009 DE 6 DE AGOSTO - Estabelece o regime de aplicação da educação sexual em meio escolar.• PORTARIA N.º 196-A/2010 DE 9 DE ABRIL

Anexo(s)


Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 23-11-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
2 30-11-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
3 07-12-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
4 12-12-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
5 14-12-2023 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
6 19-12-2023 (Terça-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
7 04-01-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
8 11-01-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
9 18-01-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
10 25-01-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
11 01-02-2024 (Quinta-feira) 18:30 - 20:30 2:00 Presencial
12 03-02-2024 (Sábado) 09:00 - 15:00 6:00 Presencial

Ref. 223223-Alijó Concluída

Registo de acreditação: CCPFC/ACC-111684/21

Modalidade: Curso de Formação

Duração: 15.0 horas

Início: 18-10-2023

Fim: 20-03-2024

Regime: Presencial

Local: Agrupamento de Escolas D. Sancho II - Alijó

Formador

Patrícia Rodrigues Fontinha

Destinatários

Professores dos Grupos 210, 220, 300

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 210, 220, 300. Mais se certifica que, para os efeitos previstos no artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Professores dos Grupos 210, 220, 300.

Acreditado pelo

CCPFC - Conselho Científico Pedagógico de Formação Contínua

Enquadramento

Conhecer alargadamente o universo imaginário do autor mais estudado no programa do 12º ano do ensino secundário é tarefa difícil pela iminente complexidade, extensão e diversidade da obra por si deixada - tanto no que respeita aos géneros como aos estilos - aos seus sucedâneos. Urge consagrar um tempo próprio para proporcionar um encontro mais completo com este autor tão importante da cultura portuguesa, cuja identidade artística se consagrou plural e que, embora integre os programas da disciplina de português, interessa culturalmente a todos pela importância primordial da sua obra literária, mas também pelo que representa psicológica, social, filosófica e politicamente na História da primeira metade do século XX. A riqueza do seu legado não permite que os docentes, mesmo os que lecionam a disciplina de Português, dominem a sua arte e heterodoxia revolucionária. É dever da Escola alargar o conhecimento sobre os vultos geniais da cultura portuguesa, promovendo o contacto com a obra destes, nomeadamente reciclando os seus docentes para que esse intuito possa realizar-se a partir de um saber sólido e aprofundado.

Objetivos

O principal objetivo é proporcionar aos formandos a oportunidade de se atualizarem, desenvolverem e articularem entre si os conhecimentos acerca dos diversos textos literários e ensaísticos de Fernando Pessoa, mas também acerca da inumerável bibliografia de valor sobre Fernando Pessoa. Esse conhecimento alargado permitirá fazer dos docentes agentes mais conhecedores desta figura proeminente da cultura portuguesa e, consequentemente, intervenientes em ações formativas na Escola junto dos seus alunos e comunidades.

Conteúdos

C1. Apresentação, organização e planeamento da ação C 1.1 Objetivos, conteúdos, metodologia e recursos. C2. Conhecer Fernando Pessoa através da sua biblioteca pessoal – influências para a construção do seu universo imaginário. Os autores/leituras determinantes. C3. Os Modernistas e a cultura popular – (in)conciliações? C3.1 O “Orpheu” e outras revistas do início do século XX. C4. Pessoa e o cinema – contributos do autor través da sua participação na imprensa. A ficção policial. Contos. C5. Fernando Pessoa e a crítica literária. O Sensacionismo. C6. Bernardo Soares, o “Livro do Desassossego” e Soren Kierkegaard - Em volta do tédio. C7. O Ortónimo. A poesia em inglês. Leitura de poemas. Construção de materiais didáticos/ projetos interdisciplinares (exposições virtuais; eportefólios para documentação e divulgação; blogues; planos de visitas de estudo; sites coletivos de estudo do autor). C8. O fenómeno da heteronímia – contributos práticos para a análise da poesia pessoana heteronímica. Construção de materiais didáticos. C9. Fernando Pessoa e o Amor. Poesia. Correspondência. Retratos polémicos da mulher. C10. Ecos Pessoanos na poesia contemporânea - Jorge de Sena, Natália Correia, Sophia de Mello Breyner, Manuel António Pina, Rui Nunes e Ana Luísa Amaral.

Avaliação

Será implementado um regime de avaliação contínua que tomará em consideração os seguintes elementos: - Participação nas sessões - 50% - Construção de projetos didáticos – 25% - Produção de um relatório crítico final - 25%.

Bibliografia

GONÇALVES, Zetho Cunha, org. (2018), Fernando Pessoa, um retrato fora da arca, Lisboa, Antígona.LOPES, Teresa Rita, org. (2013), Modernista, Antologia de artigos da revista Modernista, Lisboa, FCSH.MARTINS, Fernando Cabral, Introdução ao estudo de Fernando Pessoa, Porto Editora, 2014.PIZARRO, Jerónimo, org. (2009), Fernando Pessoa: o Guardador de Papéis, Lisboa, Texto Editora.ZENITH, Richard, org. (2007), Obra Essencial de Fernando Pessoa, Lisboa, Assírio & Alvim, 2007.

Anexo(s)

ccpfc-gestao-de-processos-1.pdf


Observações

Esta ação destina-se exclusivamente a professores dos grupos 210, 220 e 300, do Agrupamento de Escolas D. Sancho II - Alijó.

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 18-10-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
2 15-11-2023 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
3 10-01-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
4 24-01-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
5 20-03-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial